jul 312013
 

kare shinseiyosakoi_shinseiO Shinsei ACAL é um animado grupo de jovens que treina bastante e apresenta o seu amplo repertório de danças típicas, como yosakoi soran, matsuri dance e suzume odori, que agitam os eventos culturais.
Esses jovens estão cuidando dos preparativos para a comemoração dos 20 anos da fundação do grupo, e assim, para levantar fundos, idealizaram o Karê Beneficente.
No dia, serão servidos e vendidos, não só o karê raisu (curry rice), mas também tempurá, gyoza, pastel, doces e bebidas. Haverá apresentação do grupo Shinsei ACAL, rodadas de bingo e muita diversão, prometem os organizadores.
Karê Beneficente Shinsei ACAL
Data: 04/08/2013 (domingo) – Horário: 11h às 17h
Local: Sede da ACAL – Avenida Liberdade, 365 (ao lado do shopping SOGO, metrô Liberdade)

jul 302013
 

festa da azaleia bon odori festa da azaleia joe hiratafesta da azaleia venda floresfesta da azaleia minbufesta da azaleia comidafesta da azaleia hyougen taisso

 

 

 

 

 

 

A 35ª Festa da Azaléia 2013 será realizada no dia 4 de agosto, das 9 às 17 horas, no Centro de Reabilitação Psicossocial Yassuragui Home, que fica na Rua Anézio Ruivo, 377, Sítio São Francisco, em Guarulhos. Para quem vai de São Paulo, pode-se seguir pela Via Dutra ou Ayrton Senna. Yassuragui fica entre as duas rodovias.
O evento conta com o apoio do Hospital Nipo-Brasileiro, que estará fazendo uma Campanha da Saúde no local, e de várias entidades nipo-brasileiras que ajudam com seus voluntários. A receita da Festa da Azaléia será revertida para as instituições Yassuragui Home e Akebono Home (casa de idosos vizinha de Yassuragui Home).
Além de uma boa variedade de barracas de alimentação, com pratos como yakissoba e tempurá, o evento conta com um bazar beneficente. Entre as atrações do palco, a cantora japonesa Mariko Nakahira, dos cantores Joe Hirata e Ricardo Nakase. O taikô Shinkyo Daiko deverá se apresentar, bem como o grupo Hyougen Taisso de Ribeirão Pires e o grupo de Radio Taisso de Guarulhos.
A entrada é franca, e o estacionamento também é gratuito. Para quem quiser ir de ônibus, ele sairá da Rua da Glória, 326, às 8 horas até 10 horas. Depois, retorno à tarde para o mesmo local. A passagem custa R$ 5,00 (ida e volta). Informações: 2480-4834

jul 242013
 

Tosa MatsuriNos dias 24 e 25 de agosto de 2013, no horário das 9 às 21 horas, será realizado o 2º Festival Tosa Matsuri (leia To-Sa), no Parque da Água Branca, Avenida Francisco Matarazzo, 455, Barra Funda, perto do metrô Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo. A entrada é franca.
A realização é da Associação Cultural Kochi do Brasil, que celebra os 60 anos de fundação da entidade. A organização é do Seinen-bu, departamento de jovens da entidade, com o apoio da Prefeitura de São Paulo.
Além das comidas típicas japonesas e bazar, o evento conta com várias atrações nos dois dias, com destaque para bandas de J-Pop, J-Rock, e Anime e Tokusatsu Songs, Cosplay, grupos de Taikô e Yosakoi Soran, K-Pop, e outras atrações. Já estão confirmados o show da banda Gaijin Sentai e do cantor Diogo Miyahara, e o cosplay da dupla Cleiton e Bruna e o apresentador Augusto Takeda.
Para quem não conhece o Parque da Água Branca, oficialmente conhecida como Parque Fernando Costa, é um oásis dentro da cidade de São Paulo. É uma incrível área verde preservada de 136 mil metros quadrados criada em 1929, para abrigar exposições de animais, pela Secretaria da Agricultura. Há um museu geológico, galinhas correm soltas entre as árvores centenárias, e é um local agradável com trenzinho circulando, algodão doce, sorvete e cachorro quente á venda, como num parque de antigamente. Pelo parque já vale a pena dar um passeio por lá.

jul 222013
 

O 16º Festival do Japão 2013 aconteceu nos dias 19, 20 e 21 de julho, no Centro de Exposições Imigrantes. Este ano, pela primeira vez, sábado foi o dia que pareceu estar mais cheio, ao contrário dos anos anteriores quando domingo era o dia mais cheio.
As fotos são do site www.culturajaponesa.com.br. Quem quiser utilizar essas fotos do 16º Festival no seu blog ou site poderá fazê-lo, mas deverá colocar o link obrigatoriamente. É proibido vender as imagens.

jul 182013
 

A Associação Comunidade Yuba, que comemorou o 50º aniversário do teatro e ballet, foi homenageado com um belo documentário de 26 minutos, que fala da origem do teatro Yuba, que foi construído em 1961 pelos próprios moradores do local.
Fazem parte do vídeo depoimentos fascinantes como o da coreógrafa Akiko Ohara, que atuava na TV em Tóquio e se mudou juntamente com o seu marido escultor Hisao para a comunidade no Brasil, abandonando todo o conforto urbano que tinham para uma vida mais simples, do ponto de vista material, de arte e cultura.
Akiko lembra o líder da comunidade, Isamu Yuba, que ao assistir ao ensaio das crianças orientadas por ela, resolveu construir imediatamente um teatro no meio do cafezal, mandando derrubar a plantação de café já formada. Isso demonstra a importância que esse pioneiro, falecido em 1976, dava à arte. O documentário mostra também os fatos mais recentes do teatro Yuba, que faz intercâmbio com outros grupos de ballet e de teatro, com depoimentos de personalidades como Sérgio Mamberti, secretário de política cultural do Ministério da Cultura. É possível ver também o dia a dia da comunidade na agricultura.
O vídeo tem 26 minutos e contou com o apoio do Proac, e está em português e japonês com legendas. Vale a pena ser visto.


Matéria sobre o teatro e ballet Yuba – http://www.culturajaponesa.com.br
Grupo de Yosakoi Soran recebe ajuda da profa. Akiko Ohara do Teatro Yuba – http://www.japop.com.br

jul 172013
 

16 festival do japao Diogo MiyaharaUm show especial vai embalar o palco cultural do Centro de Exposições Imigrantes, no Jabaquara, no 16º Festival do Japão 2013.
O show, que recebeu o nome de Tokusatsu Request Live, virá recheado de temas de abertura de tokusatsu, as famosas séries japonesas live-action da TV, além de alguns temas de animê. Temas da série Jaspion, Jiraya, Ultraman, Changeman, Cybercops, Cavaleiros do Zodíaco e Kamen Rider Black estão no repertório do trio formado por Diogo Miyahara, Hideki Ito e Nordan Manz, vocalista da banda Gaijin Sentai.
O show acontecerá no sábado, dia 20 de julho de 2013, a partir das 17 horas, no palco cultural (área coberta). Nesse palco comandado pelo apresentador Augusto Takeda se concentram vários shows de cultura pop japonesa, como o desfile de street fashion da lolita Akemi Matsuda, Parada Cosplay, e a cantora japonesa Tsubasa.

Horários de funcionamento do 16º Festival do Japão 2013 – 19/07 – 12 às 21 horas, 20/07 – 10 às 21 horas e 21/07 – 10 às 18 horas
Ingressos: R$ 8 antecipados, R$ 10 no dia, Entrada gratuita para crianças até 8 anos e idosos acima de 65 anos

Local: Centro de Exposições Imigrantes. Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo. Transporte gratuito de ônibus a partir do metrô Jabaquara e estacionamento gratuito para bikes.

16º Festival do Japão 2013 – Veja programação do Palco Principal
16º Festival do Japão 2013 – Veja gastronomia culinária japonesa
16º Festival do Japão 2013 – Veja a programação do Palco Cultural de Artes Marciais
16º Festival do Japão 2013 – Veja WCS Cosplay e AkibaSpace

jul 162013
 

54 festa do ovo de bastos 2013A 54ª Festa do Ovo de Bastos será realizada nos dias 18, 19, 20 e 21 de julho de 2013. O evento tem início com um coquetel de recepção aos expositores, avicultores e convidados na noite do dia 18 de julho, uma quinta-feira, e prosseguirá no dia 19, quando logo cedo acontecerá a Jornada Técnica promovida pelo Sindicato Rural de Bastos, a partir das 8 horas.
Na sexta-feira, às 14 horas, será realizada a abertura da feira agroavícola, no Recinto de Exposições Kisuke Watanabe. Ali, como acontece há 53 anos, as principais empresas do segmento expõem seus produtos e serviços para avicultores da Bastos e de outros estados brasileiros. É a oportunidade única de sentir o pulso da postura comercial do país.
Tradicionalmente é no último dia da Festa do Ovo que acontece um dos grandes momentos do evento: a premiação dos avicultores campeões e classificados no Concurso de Qualidade de Ovos.
O ritual de entrega dos troféus e o sorteio do chamado Cestão Avícola – prêmios sorteados entre os avicultores – são tão tradicionais como a própria festa, que está em sua 54ª edição e, neste ano, comemora os 85 anos de fundação de Bastos, o município que desde os anos 1960 é conhecido como Capital do Ovo.
Mas a festa não é só de tecnologia e premiação. Tem muitas atrações. Na abertura oficial da 54ª Festa do Ovo, na sexta-feira dia 19 de julho, se apresenta a cantora gospel Soraya Moraes. No sábado, dia 20, o show do jovem Gustavo Mioto promete levar uma legião de jovens ao recinto de exposições. A dupla sertaneja João Lucas e Walter Filho encerra a programação artística com chave ouro no domingo, dia 21 de julho.
Em termos de atrações de cultura japonesa, a 54ª Festa do Ovo de Bastos terá a seguinte programação:
Dia 19 – sexta – A partir das 19 horas – Taikô de Bastos, grupo de Odori, Karaokê Bastos, Academia de Judô, Bastos Ballet, cantor Nobuhiro Hirata, taikô Ryukyu Okinawa de Marília e Academia Bioativa.
Dia 20 – sábado – A partir das 18h30 – Taikô de Bastos, cantores Satiko Ono e Takeshi Nishimura, odori do Fujinkai de Bastos, Desfile Karazawa na Festa do Ovo, Wadaiko de Maringá e Matsuri Dance.
Dia 21 – domingo – Início às 10 horas – Taikô de Bastos, Karaokê, Odori, Márcio Kuwada, Taikô de Marília e Bon Odori.

Local: Recinto de Exposições Kisuke Watanabe. Via de Acesso Wagner dos Reis Ferreira, s.nº, na entrada da cidade, Bastos. A entrada é franca. Promoção da Associação Nikkei de Bastos, Sindicato Rural e Prefeitura Municipal de Bastos. Informações: 14-3478-1209

jul 152013
 

diana ishimitsuSão várias as oficinas de cultura japonesa oferecidas no 16º Festival do Japão 2013, no Centro de Exposições Imigrantes, no Jabaquara. Este ano, o evento contará com a participação da Diana Ishimitsu, que tem um repertório que mescla origami ao shibai (teatro) e o kamishibai, teatro de papel. A programação da Diana Ishimitsu está assim, sempre na área das crianças:
Dia 20/julho/2013 – 11h
ORIGAMISHIBAI – A lenda de MOMOTARO (O menino do Pêssego) – CANÇÃO MOMOTARO com SHAMISEN (instrumento musical japonês). Além de conhecer a famosa lenda de Momotaro, as crianças aprenderão fazendo origami.
Dia 20/julho/2013 – 14h
KAMISHIBAI – A lenda de Tanabata – A princesa tecelã e o pastor de ovelhas, que deu origem ao festival das estrelas. CANÇÃO TANABATA com SHAMISEN (instrumento musical japonês). Atividade com oficina de origami.
Diana Ishimitsu começou essas atividades como voluntária em orfanato. Depois, começou a se apresentar em livrarias, centros culturais, Bienal do Livro, etc.
ken Yamazato 051Outra oficina cultural confirmada no 16º Festival do Japão é o das pipas, com o engenheiro Ken Yamazato. Além de expor e demonstrar suas criações, Ken Yamazato e sua equipe ensinam a fazer pipa. As oficinas de pipas deverão acontecer no sábado e domingo, ainda sem horários definidos.

Horários de funcionamento do 16º Festival do Japão 2013 – 19/07 – 12 às 21 horas, 20/07 – 10 às 21 horas e 21/07 – 10 às 18 horas
Ingressos: R$ 8 antecipados, R$ 10 no dia, Entrada gratuita para crianças até 8 anos e idosos acima de 65 anos

Local: Centro de Exposições Imigrantes. Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo. Transporte gratuito de ônibus a partir do metrô Jabaquara e estacionamento gratuito para bikes.

16º Festival do Japão 2013 – Veja programação do Palco Principal

16º Festival do Japão 2013 – Veja gastronomia culinária japonesa

16º Festival do Japão 2013 – Veja WCS Cosplay e AkibaSpace

jul 132013
 

festa da cerejeira Parque do Carmo 2013Nos dias 3 e 4 de agosto será realizada a tradicional Festa das Cerejeiras no Parque do Carmo, na Zona Leste de São Paulo. A festa está em sua 35ª edição e é organizada pela Federação Sakura e Ipê do Brasil, contando com a participação de várias atrações de cultura japonesa, como o grupo de Kassa Odori de Tottori, de São Miguel Paulista. Há também uma área de alimentação, com delícias como o “sakura moti”, feita com folhas de cerejeira colhidas na região.

 

festa da cerejeira Parque do Carmo 2013 4A cerejeira é a árvore símbolo do Japão e tornou-se a marca dos descendentes da comunidade nipo-brasileira que vive na região do Itaquera. Todos os anos essa comunidade tem a tradição de realizar o “hanami”, de sentar sob as cerejeiras e contemplá-las durante um bom período. O vento sopra as delicadas pétalas das flores fazendo com que elas se espalhem produzindo um belíssimo espetáculo da natureza, tal como acontece no Japão.
A florada dura poucos dias e esta é a única oportunidade de conferir os caminhos formados pelas flores em tons de rosa.

festa da cerejeira Parque do Carmo 2013 235ª Festa das Cerejeiras de Parque do Carmo 2013
Data: 03 e 04 de agosto de 2013 – Horário de funcionamento: 9h às 17h
Local: Parque do Carmo – Portão 3 – Endereço: Av. Osvaldo Pucci, s/nº, – Itaquera

Haverá transporte gratuito da estação de metrô Corinthians Itaquera direto para o Parque do Carmo, a partir das 9h.

As fotos são de Andreia Reis e foram feitas em agosto de 2012.

jul 132013
 

45 festa da cerejeira campos do jordaoNos dias 20, 21, 27 e 28 de Julho, e 3 e 4 de Agosto, no horário das 9 às 16 horas, será realizada a 45ª Festa da Cerejeira de Campos do Jordão 2013. Danças folclóricas e comidas típicas japonesas estão entre as atrações, além de malharia e artesanato produzido na região. Os ingressos podem ser adquiridos na entrada por R$ 5,00, e os idosos e os estudantes com carteirinha pagam R$ 2,00.
Local: Parque das Cerejeiras de Vila Albertina, que fica na Rua Tassaburo Yamagushi, 2173 – Vila Albertina, Campos do Jordão. Informações pelo telefone (12) 3662-2911.
A realização é da Beneficência Nipo-Brasileira, que mantém o Recanto de Repouso Sakura Home em Campos do Jordão, e do Clube Cultural e Recreativo Cereja, com apoio da Prefeitura Municipal de Campos do Jordão.

As primeiras mudas de cerejeira chegaram à cidade em 1936, com a criação do Sanatório Dojinkai (fundado por japoneses), mas foi em 1937, que colonos japoneses moradores do Lajeado começaram a cultivar três tipos de cerejeira, que se adaptaram ao solo da Mantiqueira. Em 1967, o Palácio Boa Vista ganhou um jardim com 500 mudas de cerejeiras do tipo Some Yoshino, vindas diretas do Japão. E com as proximidades de sua florada, japoneses e descendentes de várias regiões do estado vinham a Campos do Jordão para conferir o espetáculo da natureza, já que a cidade é a única que essas plantas florescem efetivamente. Com o crescente número de visitantes, surgiu o interesse de promover um evento que ressaltasse a beleza e a importância da planta para os japoneses. As primeiras festas foram realizadas na “Cogumelândia”, em Vila Jaguaribe, então propriedade de Mário Utiyama, posteriormente transferidas para o Bosque São Francisco Xavier, onde as cerejeiras floresciam em abundância, principalmente a variedade Yoko, plantadas por Hirofumi Haruna.  Em 05 de outubro de 1965, o então prefeito em exercício, Arakaki Masakazu, sancionou a Lei da Câmara Municipal instituído a Festa da Cerejeira em Flor em Campos do Jordão.