jan 212020
 
A JICA – Japan International Cooperation Agency, está programando a sua 6ª Rodada de negócios Brasil-Japão, que será realizada em São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte. Em São Paulo, será na FIESP, no dia 04 de fevereiro de 2020, com tradução simultânea para o português.
 
Dia 04/02/2020 – Auditório da FIESP – Av. Paulista 1313 – metrô Trianon Masp
14h – Abertura e mensagem das autoridades
– Apresentação da JICA
– Apresentações das empresas japonesas
– Networking
– Matchmaking
19h – Encerramento
Participam da rodada os diretores ou proprietários das empresas, e eles querem investir, formar uma parceria para o negócio, encontrar uma distribuidora e/ou encontrar um mercado para seus produtos ou serviços. As empresas japonesas, que estarão participando desta rodada, são as seguintes. 
 
Liberty Solution
Atuação: Pesquisa, desenvolvimento, fabricação e comercialização de equipamentos de cuidado e assistência a idosos.
Produtos, tecnologias e Serviços: Equipamentos de cuidado e assistência a idosos. O principal produto é o Liberty Himawari, um aparelho automático de tratamento de dejetos.Kyoto Kagaku
Atuação: Desenvolvimento, fabricação, comercialização de materiais didáticos de ciência médica e serviços médicos e promoção de parcerias em atualização de novos métodos pedagógicos no desenvolvimento de novos produtos.
Produtos, tecnologias e Serviços: Equipamentos didáticos para o ensino de medicina e enfermagem na área de saúde e radiologia.Micoto Technology
Atuação: Desenvolvimento, fabricação e comercialização de robôs simuladores para medicina.
Produtos, tecnologias e Serviços: Robôs simuladores com funcionalidades próximas ao ser humano. Um robô para treinamento em endoscopia está sendo desenvolvido para o Congresso ENDO 2020 no Brasil.Agritree
Atuação: Geração de energia solar fotovoltaica para a agricultura (Solar Sharing)
Produtos, tecnologias e Serviços: Todas as atividades vinculadas a implementação, sustentação e controle da tecnologia “Solar-sharing”

Mebiol
Atuação: Licenciamento de tecnologia para outras empresas, e posterior exportação do filme IMEC de hidrogel para utilização na agricultura.
Produtos, tecnologias e Serviços: Film farming “Imec®”, utilização de filme de hidrogel no solo proporcionando à cultura alto valor nutricional e poucas perdas hídricas.

Idrasys
Atuação: Planejamento, proposição, desenvolvimento e comercialização de serviços com Inteligência Artificial. Buscam ser versáteis em parcerias com empresas e tecnologias na área de IA.
Produtos, tecnologias e Serviços: Serviços e tecnologias vinculados a IA, como reconhecimento de imagem e voz, processamento de linguagem natural, análise de regressão, entre outros, que poderiam ser utilizados nas seguintes atividades: 1- Máquinas agrícolas autônomas. 2- Pulverização aérea por drones. 3- Previsão de expectativa mercadológica e de demanda por IA. 4- Técnica de cultivo hidropônico. 5- Estrutura para agricultura inteligente. 6- Controle da saúde e reprodução de gado bovino e suíno.

GGP
Atuação: A GGP propõe ideias de novos empreendimentos com bases tecnológicas que atendam às necessidades das comunidades e empresas locais. Ela auxilia estas empresas desde a produção do solo a até o desenvolvimento de canais de distribuição e parcerias de venda.
Produtos, tecnologias e Serviços: Cronobe, a sua ração animal com pro-bióticos, e a prestação de consultoria de desenvolvimento de negócios.

Kawahara Tea Industries
Atuação: Atacadista e fabricante (mistura) de chás
Produtos, tecnologias e Serviços: processamento do famoso Chá de Ureshino, blend e serviços atacadistas

Suzuki Seiansho
Atuação: Planejamento, desenvolvimento e fabricação de produtos acabados e semi-acabados para fabricação de doces (anko)
Produtos, tecnologias e Serviços: Matéria base para fabricação de doces japoneses e tecnologia/técnica de fabricação dos mesmos.

Blantec International
Atuação: Implantação de tecnologia para congelamento instantâneo, equipamento para fabricar gelo.
Produtos, tecnologias e Serviços: Tecnologia HybridICE de congelamento instantâneo de salmoura de alta concentração. Armazenamento mais rápido que preserve mais a qualidade e o frescor de produtos. Equipamentos de gelo e frigoríficos e sistema de logística.

Kankyo Daizen
Atuação: Compra da urina de boi como matéria prima para posterior fabricação e comercialização do produto. Na América Latina buscam parcerias diretas com as grandes empresas para produzir e consumir localmente.
Produtos, tecnologias e Serviços: Tecnologia de decomposição de urina de boi para fabricação de desodorante, agentes de melhoramento de solo e qualidade da água.

Koyo Kosan Atuação: Oferece serviços ambientais como tratamento e destinação de resíduos industriais, compra de resíduos e projetos de obras ambientais.
Produtos, tecnologias e Serviços: Consultoria ambiental, gestão ambiental e prestação de serviços de coleta e transporte de resíduos industriais

Yuimarl Farm
Atuação: Reprodução, engordo, comercialização e exportação de porco Agu e Ishigaki Beef. Importação, produção e comercialização de ração. E importação/exportação de pescados.

Produtos, tecnologias e Serviços: Ishigaki beef e porco Agu, mais especificamente o know how de produção superprolongada dos Wagyus. Além das rações especializadas.
 
O perfil completo das empresas está no PDF: JICA empresas participantes
 
 
jan 162020
 

As bolsas MEXT são bolsas de estudos oferecidas pelo Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (MEXT), e são ótimas, porque permite que se estude durante um ano em universidades japonesas, sem taxas escolares, e ainda os participantes recebem a passagem e um auxílio mensal razoável. Porém, exige-se que o candidato seja estudante do curso de letras (japonês) e que tenha um bom conhecimento da língua japonesa, pois as aulas serão em japonês. Além disso, tem que ser jovem entre 18 e 29 anos em 01/04/2020. As provas acontecem no começo de março e o candidato aprovado deverá chegar no Japão entre setembro e outubro de 2020. 

As inscrições estão abertas e vão até 21 de fevereiro. O candidato não precisa ser descendente de japoneses.

Maiores detalhes veja o link, onde há também um vídeo onde os bolsistas brasileiros comentam e dão dicas sobre a bolsa: https://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/lingua_cultura.html

Há outras bolsas MEXT, que estão no link:  https://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/bolsas_programas.html

jan 142020
 

O objetivo é facilitar a compreensão da cultura japonesa através de explicações sobre o passado e o presente do Japão. O curso abordará a história completa do Japão, com o mesmo conteúdo das escolas japonesas, mas comparando com fatos da história ocidental. O público alvo são as pessoas que apreciam ou têm curiosidade sobre o Japão, e aqueles que pretendem visitar o país no futuro, seja como turista, a negócios, para trabalhar ou como estudante, para que tenham maior proveito da oportunidade à partir do conhecimento de sua história.
Haverá certificados aos participantes que participarem de 7 das 10 aulas (é preciso assinar a lista de presença no início da aula)

O curso será realizado na sede da Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil, na Avenida Lins de Vasconcelos, 3352 – Vila Mariana, São Paulo – SP.

As aulas que fazem parte do curso são as seguintes:
Programação (domingos – 9h às 12h com um pequeno intervalo) – Local: Sala de reunião
– 02 fev   – Aula 1 – Ocupação do arquipélago. Períodos Jomon, Yayoi, Asuka e Nara
– 16 fev   – Aula 2 – Períodos Heian e Kamakura – origem dos samurais
– 08 mar – Aula 3 – Períodos Muromachi e Sengoku – guerra civil e chegada dos portugueses
– 22 mar – Aula 4 – Período Edo – isolamento do Japão e fortalecimento de uma cultura própria
– 26 abr  – Aula 5 – Período Edo final – abertura dos portos, chegada dos ocidentais
– 17 mai – Aula 6 – Período Meiji – modernização e reformas
– 24 mai – Aula 7 – Períodos Taisho e Showa início
– 07 jun  – Aula 8 – Segunda Guerra e Showa final – reconstrução
– 21 jun  – Aula 9 – Era Heisei até hoje
– 05 jul   – Aula 10 – História de Okinawa

Esta inscrição é para quem deseja fazer o curso completo no valor total de R$ 350,00. Há a opção do pagamento por cada aula. Nesse caso, a inscrição é feita pelo outro formulário (clique aqui se desejar se inscrever somente para a aula 1). O Sympla cobra uma taxa de 10% sobre o valor total. Poderá ser pago com cartão de crédito, boleto ou débito on-line do banco Itaú.

Não haverá reembolso por desistência. 

Esse curso, com algumas diferenças na distribuição do conteúdo, foi realizado em 2017 na Associação Cultural Mie para mais de 200 alunos em todas as aulas. Foi repetido em 2018 e 2019 alcançando também grande sucesso e sofreu algumas atualizações para 2020.

Os professores são:
– Cristiane A. Sato, formada em Direito pela USP, autora do livro JAPOP – O Poder da Cultura Pop Japonesa e presidente da Associação Brasileira de J-Fashion, palestrante em universidades, entidades, embaixada e consulado geral do Japão, foi bolsista da JICA em 2016, na Universidade de Kanazawa.
– Francisco Noriyuki Sato, formado em Jornalismo pela USP, autor dos livros História do Japão em Mangá, Banzai – História da Imigração Japonesa no Brasil, entre outros, e é presidente da Abrademi e editor do site culturajaponesa.com.br. Foi também bolsista da JICA, em 2014, e ministrou palestras em universidades e museus do Japão em 2016 e 2019.

Para qualquer comunicação, utilize o endereço: abrademi@abrademi.com

jan 102020
 

A partir de 1º de janeiro de 2020, tornou-se obrigatório colocar o número do CPF do destinatário no formulário de remessa dos correios para o Brasil. Isso se aplica a tudo o que é enviado para o Brasil, de qualquer país. No formulário dos correios japoneses e de outros países não há espaço para o CPF. Então, terá que escrever o CPF ao lado do nome do destinatário. Se a pessoa que fez a remessa não sabia disso, essa informação poderá ainda ser acrescentada no site dos correios, na parte de “Minha Importação“, dentro do prazo máximo de até 10 dias após a chegada do objeto no Brasil.

Importação? Sim. O Brasil considera importação qualquer objeto recebido do exterior, mesmo que não tenha custado nada, e mesmo que você tenha enviado para si próprio, durante sua viagem, as roupas que não precisava mais. Se forem roupas e sapatos usados em quantidade razoável não serão tributados. Remédios, folhetos, livros e revistas também estão, em princípio, isentos dos impostos. Revistas japonesas infantis, se vierem com brindes dentro, os brindes serão taxados, fique atento. Isso não é de hoje. As editoras japonesas que exportavam revistas para o Brasil, ainda na década de 70, tinham que tirar os brindes das revistas para que elas não fossem taxadas. Isso ainda continua.

Importação pelos correios é permitida até o limite de USD 3 mil. O imposto de importação é de 60% sobre o total final, que inclui o preço do produto, frete/custo de remessa e seguro, se tiver. Poderá ainda incidir PIS, Cofins e IPI conforme o produto. O ICMS também incide, mas a taxa varia conforme o Estado onde mora o destinatário. Se o valor declarado no documento for abaixo do que a Receita Federal avalia como valor real, ela poderá ainda aplicar uma multa salgada sobre o total da importação. Isso é arbitrário, mas há meios para se recorrer.

Isenção: Produtos até USD 50 ficam isentos se enviados de uma pessoa física para outra pessoa física.

Taxa de Despacho Postal: R$ 15,00 para cada encomenda. Todas as encomendas internacionais devem pagar uma taxa de despacho postal no Brasil. Isso se aplica também aos itens isentos, como livros e revistas. 

Demais informações sobre importação utilizando os correios estão nesse link em PDF. Guia de importacao via Postal