nov 082016
 

teatro-no-casarao-do-chaO teatro Nô é uma arte japonesa do século XIV que combina canto, dança, poesia e música de uma maneira refinada e altamente simbólica. Em 2001, a Unesco reconheceu o teatro Nô como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade.
A Associação Brasileira de Nogaku, formada por imigrantes japoneses e atores brasileiros, estará se apresentando nesta oportunidade o 10º Encontro de Nôgaku, no Casarão do Chá de Mogi das Cruzes, no no dia 27 de novembro de 2016 das 14 às 16 horas.

Na primeira parte, será realizado um workshop onde o grupo explicará e demonstrará todo o universo do Nô. Na segunda parte, será apresentada a peça Imin Nô “Funa Benkei” (Benkei sobre o barco). O workshop será no idioma português!

Nesse dia, o grupo estará arrecadando alimentos não perecíveis como arroz e feijão (exceto sal e açúcar), que serão doados para as crianças em idade pré-escolar, em parceria à Associação das Damas de Caridade São Vicente de Paulo.


teatro-no-casarao-do-cha_nEstão abertas as inscrições para novos participantes de Nôgaku. Contato: Associação Brasileira de Nôgaku – Sr. Shigeru Matsumoto – Fone 4312-0156 – Cel: 98487-2335 – shigerumatsumoto@ymail.com
Facebook: Imin Nô
Evento: https://www.facebook.com/events/363774917299820/

FUNABENKEI

benkei-estatua

Estátua de Benkei, em Ishikawa

Após a vitória do clã Genji contra o clã Heike, soberanos do Japão por vinte anos, um boato mentiroso alastra uma conspiração contra o líder Genji, Yoritomo, colocando-o contra seu próprio irmão, Yoshitsune. Para evitar uma luta, e para pedir a compreensão de Yoritomo calmamente, Yoshitsune e seus seguidores fogem da capital na calada da noite. Na praia onde estão prestes a tomar um barco, Benkei, monge e servo de Yoshitsune, o aconselha que deixe para trás a sua amante, Shizuka, devido aos perigos da viagem, e dos boatos que surgiriam por ele levar uma mulher neste percurso. Benkei chama Shizuka e lhe passa a decisão. Ela não acredita nas palavras de Benkei e pede para que Yoshitsune as fale pessoalmente; o que ele faz, e Shizuka chora, lamentando ter se tornado um obstáculo para seu amante. Benkei recomenda que volte à capital, e Yoshitsune a oferece saquê, enquanto seu servo pede para que ela dance uma dança, desejando-lhes uma boa viagem. Ela veste suas roupas de dançarina, e canta a fraternidade trazida por Kannon, bodhisattva da compaixão. Eles partem e Shizuka, cujo nome significa “calmaria,” fica para trás, chorando na praia. Agora Yoshitsune e seus companheiros navegam pelo mar do oeste, quando uma tormenta cai sobre eles. Os espectros de todos do clã Heike, mortos em sua última batalha, se erguem do mar. Entre eles, Tomomori, que os ameaça. Yoshitsune se defende com sua espada, mas Benkei os aparta, pois lutar contra um espectro com armas, é inútil. Ele esfrega as contas do seu rosário e invoca Fudô e todos os seus bodhisattvas protetores, sendo cada um de um ponto cardeal, e Fudô o centro. Tomomori enfraquece, tenta uma última investida, mas novamente é repelido, sumindo no branco das espumas das ondas.

27/11/2016 – 10° Encontro de Nôgaku – Imin Nô: FUNABENKEI
Das 14h às 16h  Entrada Franca.
Local : Casarão do Chá, Estrada do Chá cx 05, bairro Cocuera, Mogi das Cruzes, SP.
Casarão do Chá: (11) 4792-2164, acasaraodocha@gmail.com
https://www.facebook.com/events/363774917299820/

Obs. Só o Casarão do Chá, construído no estilo japonês, sem o uso de pregos, já vale uma visita para quem aprecia a cultura japonesa!

このたび「第十回能楽の集い」を催す運びとなりました。前半はお能の世界を実演とともに説明するワークショップ、後半は移民能「船弁慶」です。皆様方のこれまでのご支援に深く感謝致し、また新たなる私どもの挑戦をご高覧いただければ幸いと存じます。どうぞふるってお越しください。

なお当日は食料を欠いた子供達へのクリスマスプレゼントとしてお米やフェジョンなどの保存食(塩、砂糖を除く)の寄付をお受けさせて頂きます。志ある多くの方々の参加をお待ち申し上げております。
謹白

ブラジル能楽連盟会長 竹下康義

お預かりしたご寄付はAssociação das Damas de Caridade São Vicente de Pauloとの協力により幼稚園児たちに送られます。なお随時能楽への参加者を募集しております。

連絡先 電話4312-0156 ( Shigeru Matsumoto)

out 202016
 

20150613_YUI_SP (11)Depois do enorme sucesso no ano passado, o grupo YUI – Trio de Instrumentos Tradicionais do Japão volta ao Brasil para duas únicas apresentações. O primeiro show acontece em Salvador, em 27 de outubro, seguindo para São Paulo, em 30 de outubro.

O trio é formado por Chie Hanawa (tsugaru shamisen), Ko Kakinokihara (koto) e Yoshimi Tsujimoto (shakuhachi) e apresenta em seu repertório músicas tradicionais japonesas e algumas peças originais do trio, destacando a harmonia e sonoridade e as novas possibilidades de sons dos três instrumentos tradicionais japoneses.

20150613_YUI_SP (16)wagakki_yui_02TRIO YUI

Formado por três musicistas graduadas pelo Curso de Música Tradicional Japonesa do Departamento de Música da Universidade de Belas Artes de Tóquio, o trio foi aclamado logo em sua primeira apresentação, em Quioto, em outubro de 2009. No ano seguinte, as jovens criaram uma obra original, que se tornou música tema para promover o “TBS Akasaka Sacas”, um grandioso empreendimento comercial em Tóquio.

Sua discografia traz o primeiro álbum, Hajimari no oto (O som do início), e Tada, kimi ni (Apenas, para você). Hoje em dia, o Yui atua principalmente em Tóquio.

Veja a matéria da viagem anterior do grupo no Brasil e uma entrevista exclusiva:
http://www.culturajaponesa.com.br/?p=5594

SALVADOR
Data e horário: 27 de outubro de 2016 (quinta) às 20h
Local: Cine Teatro SESC Casa do Comércio (546 lugares) – Av. Tancredo Neves, 1109 – Pituba
Duração: 90 minutos – Classificação: livre
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) | R$ 5,00 (meia)
Ingressos a venda na bilheteria do Sesc e também pelo site www.compreingressos.com
SÃO PAULO
Data e horário: 30 de outubro de 2016 (domingo) às 16h
Local: Teatro FECAP (400 lugares) Av. Liberdade, 532 – Liberdade
Duração: 90 minutos – Classificação: livre
ENTRADA FRANCA – Retirar os ingressos na entrada do Teatro FECAP duas hora antes do início do espetáculo. Máximo de 2 ingressos por pessoa, sujeito à lotação do espaço.
jun 302016
 

Tokyo_Olympics_1964_Web_4751Desde que o Japão sediou pela primeira vez os Jogos Olímpicos, em 1964, o país  está prestes a viver um novo marco em sua história. Em 2020, será a sede dos Jogos Olímpicos pela segunda vez.

Para celebrar esta trajetória, relembrar grandes artistas em atuação na década de 60, e comemorar a próxima edição no país, que acontecerá em 2020, a Fundação Japão promove três eventos muito especiais.

A Emergência do Contemporâneo: a Vanguarda no Japão, 1950 – 1970

Inédita no país, a exposição de arte de vanguarda japonesa traz 70 obras produzidas ao longo de 20 anos por artistas como Kazuo Shiraga, Sadamasa Motonaga, Atsuko Tanaka, Genpei Akasegawa, Jiro Takamatsu, Natsuyuki Nakanishi, Arata Isozaki, Yoko Ono, Yutaka Matsuzawa e Kishio Suga. É interessante porque o Japão produziu vários movimentos artísticos na década de 50, dando espaço para artistas como Atsuko Tanaka, cujos trabalhos podem ser vistos no Ashiya Art Museum, em Hyogo.

De 14 de julho a 28 de agosto, no Paço Imperial do Rio de Janeiro, obras do pós-guerra ao auge da economia japonesa estarão expostas baseadas em temas como “Política da Abstração”, “Intervenção Urbana” e “Arte e Engajamento Social”. Algumas delas, inclusive, foram exclusivamente produzidas para esta exposição.

Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira

Pela primeira vez no Brasil, a mostra de longas-metragens de Ko Nakahira estará em cartaz de 27 de julho a 1 de agosto, no Centro Cultural Banco do Brasil. Um dos principais cineastas atuantes no período dos Jogos Olímpicos de 1964, destaca-se pelo andamento dinâmico e técnicas cinematográficas diversas. Na mostra, oito obras apresentarão o variado universo de Nakahira, incluindo temática juvenil, ação, comédia, suspense e filme de arte.

Concerto POP: Olha pro Céu – Look at the Sky

Dias 29 e 30 de julho, no VIVO Rio, a produção conjunta Brasil-Japão traz uma apresentação de união dos dois países, com a participação de grandes nomes da música japonesa e brasileira. O ponto alto será a apresentação de SUKIYAKI – ue wo muite arukou”, a canção japonesa que conquistou o mundo em 1964. Este momento reunirá, no palco, os artistas japoneses e brasileiros cantando em japonês, inglês e português. Participam do show Vanessa da Mata, Tokyo Ska Paradise Orchestra e Marcia, além do convidado especial Emicida.

Exposição:  A Emergência do Contemporâneo: a Vanguarda no Japão, 1950 – 1970

De 14 de julho a 28 de agosto de 2016

Paço Imperial – Praça Quinze de Novembro, 48 – Centro – Entrada Franca

Realização: Fundação Japão | Paço Imperial | IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional | Ministério da Cultura. Apoio especial: Ishibashi Foundation. Apoio: Lufthansa Cargo AG | Amigos do Paço | Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro | Prefeitura do Rio de Janeiro

Cinema – Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira

De 27 de julho a 1 de agosto de 2016

Entrada franca (retirada de ingressos 1 hora antes de cada sessão. Limite de 2 ingressos por pessoa.)

Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro

Realização: Fundação Japão. Apoio: Centro Cultural Banco do Brasil | Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro | Prefeitura do Rio de Janeiro | Ministério da Cultura

Música – Concerto POP: Olha pro Céu – Look at the Sky

29 e 30 de julho de 2016, às 20h30 (abertura da casa para o público às 19:30)

Ingressos à venda: www.vivorio.com.br ou na bilheteria do Vivo Rio

Vivo Rio – Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo

Realização: Fundação Japão, Produção: Sony Music do Brasil. Apoio : Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro |Prefeitura do Rio de Janeiro

jul 292015
 

hibiki akito oiranHibiki Family é um grupo formado no Japão, cujos integrantes têm formação em Nihon Buyo (dança japonesa), em instrumentos musicais tradicionais, e em teatro popular japonês. O grupo, que se apresentou no Brasil em 2007 e 2008, na comemoração do Centenário da Imigração Japonesa, volta com o repertório renovado, que mistura o teatro tradicional com bastante humor.
Na apresentação no Bunkyo, Hibiki Family contará com a participação do grupos Yuubi – Japanese Dance Company e Kiraku (de Taikô estilo Sukeroku).
No final de semana, dias 8 e 9 de agosto, Hibiki Family e os dois grupos fazem três apresentações. Sábado às 14h e domingo às 11h e também às 15h.

Show do Hibiki Family, Yuubi Dance Company e Taiko Shuudan Kiraku
Dias: 8 e 9 de agosto de 2015 – Sábado, às 14h – Domingo, às 11h e às 15h
Local: Grande Auditório do Bunkyo – R. São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo – SP – (Estação São Joaquim do Metrô)
Convite: R$ 100,00 – Locais de venda: Pontos de Venda: Bunkyo: (11) 3208-1755 – Rua São Joaquim, 381,
Jukunen-kai: (11) 3209-5935 – Rua Siqueira Campos, 134, Restaurante Kidoairaku: (11) 3207-8569 – Rua São Joaquim, 394, e Doceria Segredo dos Doces (Akashiya): Rua Galvão Bueno, 13, Liberdade.

O Hibiki Family fará um jantar beneficente em prol do Hospital Santa Cruz no dia 5 de agosto.
Local: Blue Tree Hotels Premium Morumbi – Av. Roque Petroni Junior, 1000 – São Paulo – SP
Convite: R$ 350,00 – Informações: (11) 5080-2045 / 5080-2352, com Yuli, Juliana e Daniela

hibiki familyHIBIKI FAMILY

HIBIKI AKITO, nascido em Hokkaido (Japão), foi criado no Brasil e a partir dos 6 anos começa a aprender o Nihon buyo, taiko, shamisen e kendo, além de canto. Retorna ao Japão aos 20 anos de idade e entra no grupo de Taishuu Engeki – tradicional teatro popular no Japão. Aos 24 anos, junto com Kazuma e Yuka, cria seu próprio grupo: o Hibiki Family, que neste ano comemora 10 anos.

HIBIKI KAZUMA, nascido em São Paulo, a partir dos 4 anos começa a aprender Nihon Buyo, wadaiko, tsugaru shamisen e kendo. Junto com Akito vai ao Japão e entra no grupo de Taishuu Engeki. Com a criação do Hibiki Family passa a integrar o grupo.

HIBIKI YUKA começou suas atividades com o famoso artista Nakamoto Koji. Junta-se ao Hibiki Family e desde então vem realizando inúmeros shows no Japão.

mar 062015
 
uniao_taiko_Wadaiko-ShoTeatro União Cultural reúne dois tradicionais grupos de Taiko em São Paulo

Além das duas apresentações, um workshop desvendará a apurada técnica do solista japonês Ryutaro Kaneko

No dia 15 de março de 2015, no Teatro União Cultural, um evento vai reunir dois tradicionais grupos de taiko: Wadaiko Sho e Kaito Shamidaiko. Os dois shows do dia, às 11h30 e às 15h30, trarão como convidado o solista japonês Ryutaro Kaneko.

O Wadaiko Sho e Kaito Shamidaiko são grupos de taiko tradicionais, respectivamente de São Paulo e de Taubaté, liderados pelos músicos Setsuo Kinoshita e Yoohey Kaito. Kinoshita é musicoterapeuta, formado pela Faculdade Paulista de Artes e ex-membro do grupo japonês Wadaiko Yamato. Kaito estudou no Kenshu (curso intensivo) do grupo japonês Kodo por um ano. Esta é a primeira vez que os dois especialistas se encontram no mesmo palco.

Ryutaro Kaneko é compositor, arranjador e músico da arte do taiko, já tendo se apresentado em 41 países. Participou, desde 1987, no Kodo, tido como o mais conceituado grupo de taiko do mundo por 20 anos, tornando-se um de seus principais músicos. Dirigiu também o musical “Amaterasu”, coreografado por Tamasaburo Bando, em conjunto com o Kodo. Sua sensibilidade transcende os limites de gênero musical, realizando parcerias com músicos de concepções variadas, indo além dos limites do Taiko. Na apresentação, será possível conferir o seu estilo próprio, na execução do Chappa (prato percussivo japonês). Dono de uma técnica impecável e grande velocidade na execução do Katsugi Taiko (taiko carregado no corpo), sua sensibilidade e bom gosto na execução do Kumidaiko (conjunto de taikos de timbres variados) o faz ser chamado de ‘orquestra de uma pessoa’.

Workshop

Para os admiradores do taiko e também da versatilidade de Ryutaro Kaneko, sua técnica será apresentada não apenas no show, mas também em um workshop no dia 14 de março. O workshop é aberto a todos e não necessita de experiência no instrumento.
Há ingressos promocionais à venda na produtora e é necessário fazer inscrição antecipada para o workshop.

Show União Taiko – Wadaiko Sho e Kaito Shamidaiko convidam Ryutaro Kaneko

Data: 15 de março de 2015 – Horário: 11h30 e 15h30

Teatro União Cultural – Rua Mário Amaral, 209 – Paraíso – (próximo ao Metrô Brigadeiro)

Valor: R$ 120,00 / R$ 60,00 (inteira/meia-entrada) – Ingresso promocional a R$ 60,00 (inteira/meia-entrada) à venda na produtora: Taikoart

Outro Workshop: de Chappa e Katsugi Taiko

Data: 14 de março de 2015 – Horário: das 9h às 12h ou das 14 às 17h

Associação da Província de Aichi – Rua Santa Luzia, 74 – Liberdade – Valor: R$ 120,00/workshop

Informações: Kaito Taiko

mar 182014
 

yamatophoto-m3O grupo Yamato foi fundado em 1993 na província de Nara e já fez mais de 2.500 apresentações em 51 países. Seus integrantes passam a maior parte do ano viajando, mas são rigorosos no preparo físico e o dia começa com uma corrida de 10 km, e estão sempre prontos para tocarem um taikô gigante de 500 kg. Esse ano, o grupo Yamato já fez turnê pela Alemanha, Áustria e Suiça. No Brasil, fazem quatro apresentações no Teatro Anhembi Morumbi, em São Paulo, e depois retornam ao Japão para uma turnê que passará por 23 províncias. Seguem depois para Alemanha, República Checa, Hungria, Croácia, Rússia e Ucrânia!

2, 3, 5 e 6 DE ABRIL DE 2014 – TEATRO ANHEMBI MORUMBI – Dia 2 às 20h30, dia 3 às 20h30, dia 5 às 13h30 e dia 6 às 13h30.

INGRESSOS DE R$65,00 A R$250,00

Informações e ingressos: http://www.yamatonobrasil.com.br/

Corra, porque parte dos ingressos já está esgotada!

mar 132013
 

Relacionamos aqui os principais eventos de cultura japonesa do interior do Estado de São Paulo de 2013.

11º Japan Fest de Marília – Dias 4 a 7 de abril de 2013, em Marília.
Veja detalhes no outro post

10º Aniversário do Tomo no Kai de São Carlos – Dia 6 de abril de 2013

Veja detalhes no outro post

28º Akimatsuri de Mogi – Dias 13, 14, 20 e 21 de abril de 2013, em Mogi das Cruzes.
Veja detalhes no outro post

4º Japan Matsuri de Osasco – Dias 8 e 9 de junho de 2013, em Osasco.
Veja detalhes no site do evento

6ª Festa da Cultura Japonesa de Sumaré – Dias 15 e 16 de junho de 2013, em Sumaré.

Veja detalhes no outro post

15ª Festa da Imigração Japonesa de Limeira – Dias 22 e 23 de junho de 2013, em Limeira.

Veja detalhes no outro post

27ª Festa da Cerejeira de Garça – Dias 5 a 7 de julho de 2013, em Garça.
Veja detalhes no outro post

17º Festival das Cerejeiras Bunkyos – Sakura Matsuri – dias 6 e 7 de julho de 2013, Centro Esportivo Kokushikan – São Roque

Veja detalhes no outro post

Festival Tanabata de Ribeirão Preto – Dias 5 a 7 de julho de 2013, em Ribeirao Preto. Veja detalhes no outro post

6ª Semana da Cultura Japonesa de Lins – De 4 a 12 de agosto 2013, em Lins.
Aguarde detalhes em breve

46º Nipponfest – Dizô Matsuri em Arujá – Dias 24 e 25 de agosto de 2013, em Arujá.  Aguarde detalhes em breve

33ª Festa de Flores e Morangos de Atibaia – De 6 a 29 de setembro de 2013, somente sextas, sábados e domingos, das 9 às 18 horas. Veja detalhes no site do evento

Veja também: Eventos japoneses na cidade de São Paulo

mar 122013
 

Akimatsuri Mogi

O 28º Akimatsuri (Festival do Outono) será realizado em dois finais de semana de abril, na cidade de Mogi das Cruzes. Trata-se de um grande evento que ocupa uma área enorme, com uma boa variedade de atrações. Destaque para o cantor Roberto Casanova, vencedor de concurso da TV NHK em 2010, e a cantora Mika da Silva, que se apresentarão nos dias 13 e 14, o apresentador Yudi Tamashiro, que dá show no dia 14, a cantora mirim Melissa Kuniyoshi e a cantora Deborah Shimada, que cantam no dia 20, e o Joe Hirata que fecha a programação no dia 21, domingo. Haverá também apresentação do Isshin Yosakoi Soran e o concurso de Miss Akimatsuri, Miss e Mister Akimatsuri Junior (para crianças entre 6 e 9 anos), entre outras atrações. Como sempre, haverá uma boa praça de alimentação.
Endereço: Av. Japão, 5919 • Bairro Porteira Preta • Mogi das Cruzes/SP
Ingresso: R$ 12,00, estudantes com carteirinha, professores e pessoas acima de 60 anos pagam metade. Crianças até 7 anos não pagam. Estacionamento: R$ 20,00.

mar 012013
 

Yoshito Ohno é filho de Kazuo Ohno, e ele está no Brasil para apresentar seu novo trabalho, que resultará do workshop que será realizado nos dias 4, 5 e 6 de março de 2013 em São Paulo. (Infelizmente, as inscrições foram encerradas hoje, 1º de março, pois a notícia só chegou agora). O espetáculo, que tem o apoio da Fundação Japão, será apresentado nos dias 7 e 8 de março.

Butô de Yoshito Ohno no SESC

Local: rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque – São Paulo – SP
Informações no Sesc Consolação – Tel (11) 3234-3000 – www.sescsp.org.br

fev 222013
 

Gaijin Sentai OST

Expoente do j-rock nacional, a banda Gaijin Sentai lança OST, um álbum todo cantado em japonês que mistura elementos de heavy metal e ritmos tradicionais brasileiros e japoneses. Fazer rock japonês no Brasil. A frase pode parecer um pouco estranha para você, mas essa foi a ideia e o desafio da banda paulistana Gaijin Sentai.

Criada em Caraguatatuba, a Gaijin Sentai ganhou notoriedade ao misturar músicas de Anime e Tokusatsu com heavy metal e alguns elementos de ritmos tradicionais brasileiro, como o maracatu. A receita deu certo, e a banda conquistou seu espaço junto aos fãs de rock e cultura pop japonesa, fazendo diversos shows pelo Brasil e até mesmo uma turnê Sul Americana ao lado do rockstar japonês Eizo Sakamoto, vocalista da banda Anthem, que também já passou por Jam Project e Animetal, uma turnê em Portugal em 2010 e participação em edições da Virada Cultural Paulista em várias cidades do Estado, inclusive na capital.

Após se apresentar em diversos eventos de cultura japonesa, como Festival do Japão, Tanabata Matsuri e Anime Friends, a banda tornou-se a maior referência brasileira em animesongs. O reconhecimento público Otaku veio com a vitória no concurso Sony Ericsson Animax de Música Independente. Desde então, a Gaijin Sentai foi protagonista de diversas reportagens e canais de televisão, como Globo, Play TV, Estadão, Rede TV, Rede Bandeirantes, Multishow e NHK. Para 2013, a banda traçou um objetivo audacioso: fazer o primeiro álbum de hard rock/metal inteiramente cantado em japonês produzido no ocidente. Para ajudar na realização do projeto, a banda se inscreveu em um concurso do Programa de Ação Cultural (PROAC), do Governo do Estado de São Paulo, e sagrou-se vencedora entre mais de 500 projetos, conseguindo recursos para realizar o sonho de produzir seu álbum.

“Foi uma surpresa receber a notícia. Afinal, tocando rock japonês havíamos sido selecionados entre tantos candidatos já consagrados da música popular brasileira”, afirma Jefferson Amorin, tecladista da Gaijin Sentai. O Prêmio obtido no PROAC garantiu a alta qualidade na gravação do álbum OST, que será lançado oficialmente no dia 27 de fevereiro.

Mixado no Norcal Studio por Brendan Duffey e Adriano Daga, dupla que já trabalhou com grandes nomes do rock nacional como Angra, Edu Falaschi, Tihuana e Biquini Cavadão, OST conta com 12 faixas misturando os tradicionais vocais masculino e feminino da Gaijin Sentai, além de participações especiais, como o rockstar japonês Eizo Sakamoto, que empresta sua voz a duas músicas, e dos respeitados Tsukasa Kaito e Yooheu Kaito, referências no Brasil quando falamos de Taiko e Shamisen, instrumentos tradicionais japoneses de percussão e cordas, respectivamente. Outro diferencial do OST é o rico encarte, que contém 13 ilustrações originais que têm relação direta com o álbum e influências de tokusatsus das décadas de 60, 70 e 80.

“Tentamos reproduzir a poesia das produções, mas com todo cuidado, para produzir algo autêntico, e que ao mesmo tempo tivesse relação com as músicas e contribuísse para a obra como um todo”, conta Nordan, vocalista da Gaijin Sentai. OST já está disponível para a pré-venda no site da banda e estará disponível em lojas especializadas em hard rock e j-rock a partir do dia 27 de fevereiro.

Para saber mais sobre a Gaijin Sentai, acesse: Site: www.gaijinsentai.com.br Facebook: www.facebook.com/gaijinsentai Entrevista na NHK: http://www.youtube.com/watch?v=UDjQ9HqjylY  Teaser: http://www.youtube.com/watch?v=yVA_oSiOFBw