jul 062016
 

O tradicional e principal evento da comunidade nipo-brasileira do bairro da Liberdade, o Tanabata Matsuri 2016, será realizado nos dias 16 e 17 de julho de 2016. Normalmente, é realizado uma semana antes, mas este ano, como coincidiria com o Festival do Japão, foi postergado, para que o público pudesse prestigiar os dois eventos.
Veja a programação do 38º Tanabata Matsuri 2016:
Sábado – 16/7/2016F1000025
10h30 – Taiko Tenryuu Wadaiko
11h00 – Karen Taira cantora
11h30 – Ricardo Nakase cantor
12h00 – Arte Marcial Instituto Paulo Tsujimoto
12h35 – Taiko Tange Setsuko
13h05 – Marina Kondo cantora
13h50 – Ryu Jackson Murakami cantor
14h00 – Bruno Maessaka cantor
14h00 – abertura oficial no Torii da Liberdade com Carlos Takahashi e cerimônia xintoista com o reverendo Osaka, do Templo Nambei Jingu.
14h15 – Joe Hirata cantor
15h00 – Parada Taikô
15h15 – Awaodori – dança de Tokushima
15h30 – autoridades
16h05 – Dança Hanayagi Kinryuukai

Karen Taira é atração de sábado no Tanabata da Liberdade

Karen Taira é atração de sábado no Tanabata da Liberdade

16h15 – Ginástica Rizumu Taisso ACAL
16h30 – Ginástica Kenko Taisso
16h40 – Dança Tanabata Ondo ACAL
16h45 – Grupo Shinsei ACAL
16h50 – Dança Buyou bu – ACAL
16h55 – Grupo Shinsei ACAL
17h05 – Taikô ACAL
17h25 – Grupo Shinsei e Buyo-bu ACAL
17h35 – Kaori Kaneagae cantora
18h00 – Bruno Maessaka cantor
18h25 – Edson Saito e Banda Yes – 19h encerramento
Domingo 17/7/2016
10h30 – Ikkon Wadaiko
10h55 – Ginástica Rizumu Kenko Taisso ACAL
11h00 – Buyo-bu ACAL
11h05 – ginástica Rizumu Kenko Taisso ACAL
11h15 – Ninjutsu Bujinkan Hattori Hanzo
11h25 – Dança Buyo-bu ACAL
11h35 – Mariko Nakahira cantora japonesa
12h05 – Okinawa Gojuryu Karatê
12h25 – Aikido Maruyama
12h50 – Taiko Mika Youtien
12h15 – Marina Kondo cantora
13h45 – dança tradicional Márcio Galvão e Eduardo Yoshimoto
14h10 – Misa Kamiyama cantora
14h50 – banda Heroes
15h25 – Akemi Matsuda – cantora Kawaii
15h55 – banda Elisios
16h25 – Teddy Shigueyama cantor
17h00 – banda Uchiná
17h35 – banda J-Rox – 18h encerramento.
O palco fica na praça da Liberdade, na saída do metrô Liberdade, mas as ruas Galvao Bueno e dos Estudantes também são parcialmente interditados e enfeitados com o Tanabata. Papéis coloridos são vendidos no local para se pendurar os pedidos.

jul 042016
 
A Fundação Japão traz duas atrações internacional de grande prestígio em todo o mundo. A dupla de street dance japonesa Hilty & Bosch se apresentará pela primeira vez no país nos dias 9 e 10 de julho, no Festival do Japão. No evento, realizado no São Paulo Expo Exibition & Convention Center, os dançarinos se apresentarão no Palco Principal ao som do beatboxer e multivocalista japonês Reatmo.
Já no dia 12 de julho, às 19h30, haverá uma nova performance da dupla, com a participação especial do grupo brasileiro Cia. Discípulos do Ritmo, que fará a abertura do espetáculo. Aberto ao público e com entrada gratuita, a apresentação acontece no Auditório MASP Unilever, e novamente contará com o som de Reatmo.

 
HILTY & BOSCH
Hilty & Bosch é dupla de dança japonesa que vem se apresentando em todo o mundo, surpreendendo pela sincronicidade e leveza de movimentos, mesmo com toda a energia e dinamismo em palco. Formada pelos japoneses YOU e JIN, a dupla tem se tornado cada vez mais popular internacionalmente.
Enquanto YOU traz para a dupla a sensibilidade natural para a música e movimentos versáteis de improviso, JIN é velocidade, potência e movimentos acrobáticos incríveis. Ambos vencedores de diversos campeonatos e batalhas de dança, juntos o sucesso é ainda maior. Somente no YouTube, seus vídeos já somam mais de 20 milhões de acessos.
Com performances já realizadas em mais de 30 países e 150 grandes cidades, dos cinco continentes, a participação da dupla também é bastante requisitada em workshops, programas de TV, concursos de dança, comerciais de TV, desfiles de moda e muito mais.
REATMO
O beatboxer e multivocalista japonês vêm ganhando reputação mundialmente por sua presença viva e dinâmica. Com um equipamento básico, que inclui o software de produção Ableton Live, o aplicativo Lemur em seu iPad e um teclado controlador Korg MIDI, ele é capaz de criar e manipular infinitas variações musicais a partir de sons emitidos exclusivamente por sua boca.
Já aos 19 anos de idade, Reatmo venceu o Beatbox Battle Championship, em Boston, nos Estados Unidos. Desde então, segue aperfeiçoando sua técnica e suas habilidades e incorporando novas tecnologias. Hoje, suas apresentações são incríveis experiências audiovisuais.
Entre os admiradores do beatboxer está o grupo Maroon 5, que entrou em contato com Reatmo após assistir aos covers de suas músicas disponíveis Youtube.
CIA. DISCÍPULOS DO RITMO
Para abrir a apresentação de 12 de julho, no Auditório MASP Unilever, uma atração promete levantar o público de São Paulo. Com o espetáculo “Tá Limpo!”, a Cia. Discípulos do Ritmo traz ao palco o resultado do intercâmbio cultural entre o Brasil e Alemanha, com coreografia e concepção musical do alemão Storm. Nesta grande surpresa, integrantes da Cia. revelam o resultado de uma trilha musical em uma empresa de limpeza com seis faxineiros dançarinos.
jul 012016
 

Kokushikan_2_a_SakuraMatsuri_001_a20º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos, neste final de semana, dias 2 e 3 de julho de 2016, sábado e domingo, das 8h às 17h. É um bosque agradável com 400 pés de cerejeiras floridos do Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, na Estância Turística de São Roque, distante 51 quilômetros de São Paulo. Além da natureza enfeitada pelas pétalas rosadas, o Festival também oferece outras atrações especiais neste evento que faz parte do calendário turístico da cidade de São Roque.

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

Os 22 estandes reúnem pratos da tradicional culinária japonesa, preparados pelas entidades nipo-brasileiras da região, além de pratos da culinária alemã, italiana e portuguesa.

Os visitantes vão encontrar iguarias para todos os gostos e bolsos, desde os oniguiri (bolinho de arroz) por R$ 4; os obentôs (pratos feitos da culinária japonesa) por cerca de R$ 18; até pratos típicos como o Eisbein (joelho de porco, da culinária alemã), que custa R$ 45. Outras opções são uma infinidade de iguarias: acarajé, espetinhos, gyoza, gyudon, inari sushi, kare rice, lamen, manju, medalhão de shimeji, misso shiru, mochi (sakura, nato, kinako, anko), obentô (diversos), Okinawa sobá, okonomiyaki, oniguiri (normal / shiro / missô / mostarda), oshiruko, pastel (diversos sabores, como shimeji, camarão, salmão), rot holl, sakura maki (wrap), sataa andagui (bolinho doce), shimeji, temaki (salmão / skin / Califórnia), tempurá (com camarão / sorvete), tonkatsu onigirazu, tortinha de maçã, udon, yakisoba, yakitori, variedade de conservas. Há salgadinhos (coxinha, rissoles, bolinho de carne, kibe, esfirra, massa folhada, empadas), bolos (diversos), rocambole (doce / salgado), biscoitos (diversos), crepes francês e suíço (salgado e doce), tapioca (salgada e doce), fondue (frutas orgânicas e chocolate quente), waffle, churros, picolé sabor azuki, sorvete de massa, suco de laranja champanhe, umeshu e chopp (claro / escuro / de vinho). Da culinária da ALEMANHA: salsichões (cervela / weisswurst / schüblig / kalbsbratwurst), eisbein (joelho de porco), ITÁLIA: polenta frita, massas (gnocchi / caneloni / rondeli / fagottini) e cannoli, PORTUGAL: alheira, bolinho de bacalhau, caldo verde, espeto no galho de louro e doces (pastel de Belém / Santa Clara / Tocha).

PRAÇA DOS BAZARISTAS

Aqui, 44 estandes oferecem uma gama de produtos tais como artesanato, cosméticos (Avon, Natura, oBoticário), bijuterias e joias, blusas e casacos, bolsas (couro ecológico), bonecas japonesas, brinquedos, calçados diversos (Melissa, Crocs, em couro), carteiras, chapéus, chaveiros, confecções nacionais e importadas, dvds / cds japoneses  e coreanos, guarda-chuva, jaquetas, kimono (yukata), lenços, leques, lingerie, moda fitness, utensílios domésticos (Tupperware, panelas de alumínio e cerâmica antiaderente), pelúcias, perfumes, pijamas, plantas (miniaturas de cacto e rosa do deserto), quebra-cabeças, travesseiros e almofadas em visco-elástico, utensílio em bambú, variedades em artigos infantis. Destaque nesse local para as barracas de verduras, flores e folhagens de produtores da região. Além, é claro, da venda de mudas de sakura (produzidas no próprio Kokushikan).

SHOWS DE MÚSICA, DANÇA E ARTES MARCIAIS

No sábado e domingo, o palco também estará recheado de atrações artísticas e culturais. Jorge Suzuki, nosso conhecido animador, estará apresentando a seguinte programação artística:

SÁBADO

10:00 Ken Yamazato (engenheiro de pipas)
10:20 Kendo Kokushikan (kendô, arte marcial japonesa com espada – São Roque)
10:40 Iki – Iki Taissô (ginástica voltada a melhor idade)
10:50 Mugen – Artes Marciais – prof. Gilson (Cotia)
11:10 Assoc. Kenko Taisso do Brasil (kenko taissô, ginástica)
11:30 Mariko Nakahira (cantora do Japão)
12:00 CERIMÔNIA DE ABERTURA
13:35 Gold and Silber (grupo folclórico alemão)
14:10 Joe Hirata (cantor)
14:45 Kien Daiko (taikô, tambor japonês – São Caetano do Sul)
15:10 Ricardo Nakase (cantor e performer)
15:35 Nete Salmha – Dança do Ventre
16:00 Instituto Niten – Unidade Sorocaba (kendô, arte marcial japonesa com espada)
16:20 Encerramento

DOMINGO

10:00 Ken Yamazato (engenheiro de pipas)
10:20 Assoc. Ibiunense de Artes Marciais – prof. Horigome (aikido, arte marcial de defesa pessoal)
10:40 Sawalef – Dança do Ventre
11:05 Ballet Marisa Éscher (Vargem Grande Paulista)
11:30 Ryu Jackson (cantor e performer)
11:50 Fernanda Nakai (cantora)
12:10 Kodama Kai – ACEVGP (taikô, tambor japonês – Vargem Grande Paulista)
12:35 Karen Ito (cantora)
13:00 Sergio Tanigawa (cantor)
13:25 Corpus Line (dança – Mogi das Cruzes)
13:50 Assoc. Kenko Taisso do Brasil (kenko taissô, ginástica)
14:10 Mariko Nakahira (cantora do Japão)
14:35 Edson Saito Y.ES Band (banda)
15:25 Grupo Folclórico Tirol – Sapateado (grupo folclórico austríaco)
15:50 Edgar Ishida (cantor)
16:15 Shinkyo Daiko (taikô, tambor japonês – São Caetano do Sul)
16:40 Kendo Kokushikan (kendô, arte marcial japonesa com espada – São Roque)
17:00 Sorteio

OFICINAS CULTURAIS

• Pipas
Os pequenos e grandes poderão se entreter com as lições de Ken Yamazato e equipe para produzir e soltar uma pipa pelos ares do Kokushikan;

• Iki-Iki Taissô
A professora japonesa Reiko Akabane fará demonstração de uma série de exercícios físicos voltados à terceira idade;

• Bonsai
Exposição e oficina sobre cuidados dos bonsais a cargo da Associação Amigos do Bonsai de Vargem Grande Paulista;

Cerâmica
Membros da Comissão de Arte Craft realizam oficina com argila e exposição de cerâmica de alta temperatura;

Shodô
Elcio Yokoyama, no sábado, ensina sobre a prática dessa tradicional arte caligráfica;

Etiqueta Japonesa
A especialista Lumi Toyoda, no domingo, realiza sessões de orientação sobre o tema;

Ikebana
Representantes da Escola de Ikebana Sanguetsu são os responsáveis pelas sessões da vivência de arte floral;

Horóscopo Oriental
Teruo Hama, durante os dois dias, estará atendendo interessados em ouvir sobre suas características pessoais.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

Além das atividades culturais, será realizado o Concurso Bunkyo de Fotografia. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas durante o Sakura Matsuri. Somente as fotos tiradas no evento deste ano podem participar – e os candidatos concorrem a três máquinas fotográficas da Fujifilm!

Bem, se todas essas atrações preparadas pela mão humana não lhe apeteceram, fique somente com a atração oferecida pelas bênçãos da natureza: as flores das cerejeiras. Que tal?

20º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos
Dias 2 e 3 de julho de 2016, das 8h às 17h

Onde: Centro Esportivo Kokushikan Daigaku
Estrada do Carmo, 801 (entrada pela Rodovia Bunjiro Nakao, km 48), São Roque – SP
Entrada franca – Colaboração por veículo R$ 20,00
Informações: www.bunkyo.org.br / facebook.com/bunkyo

jun 302016
 

Tokyo_Olympics_1964_Web_4751Desde que o Japão sediou pela primeira vez os Jogos Olímpicos, em 1964, o país  está prestes a viver um novo marco em sua história. Em 2020, será a sede dos Jogos Olímpicos pela segunda vez.

Para celebrar esta trajetória, relembrar grandes artistas em atuação na década de 60, e comemorar a próxima edição no país, que acontecerá em 2020, a Fundação Japão promove três eventos muito especiais.

A Emergência do Contemporâneo: a Vanguarda no Japão, 1950 – 1970

Inédita no país, a exposição de arte de vanguarda japonesa traz 70 obras produzidas ao longo de 20 anos por artistas como Kazuo Shiraga, Sadamasa Motonaga, Atsuko Tanaka, Genpei Akasegawa, Jiro Takamatsu, Natsuyuki Nakanishi, Arata Isozaki, Yoko Ono, Yutaka Matsuzawa e Kishio Suga. É interessante porque o Japão produziu vários movimentos artísticos na década de 50, dando espaço para artistas como Atsuko Tanaka, cujos trabalhos podem ser vistos no Ashiya Art Museum, em Hyogo.

De 14 de julho a 28 de agosto, no Paço Imperial do Rio de Janeiro, obras do pós-guerra ao auge da economia japonesa estarão expostas baseadas em temas como “Política da Abstração”, “Intervenção Urbana” e “Arte e Engajamento Social”. Algumas delas, inclusive, foram exclusivamente produzidas para esta exposição.

Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira

Pela primeira vez no Brasil, a mostra de longas-metragens de Ko Nakahira estará em cartaz de 27 de julho a 1 de agosto, no Centro Cultural Banco do Brasil. Um dos principais cineastas atuantes no período dos Jogos Olímpicos de 1964, destaca-se pelo andamento dinâmico e técnicas cinematográficas diversas. Na mostra, oito obras apresentarão o variado universo de Nakahira, incluindo temática juvenil, ação, comédia, suspense e filme de arte.

Concerto POP: Olha pro Céu – Look at the Sky

Dias 29 e 30 de julho, no VIVO Rio, a produção conjunta Brasil-Japão traz uma apresentação de união dos dois países, com a participação de grandes nomes da música japonesa e brasileira. O ponto alto será a apresentação de SUKIYAKI – ue wo muite arukou”, a canção japonesa que conquistou o mundo em 1964. Este momento reunirá, no palco, os artistas japoneses e brasileiros cantando em japonês, inglês e português. Participam do show Vanessa da Mata, Tokyo Ska Paradise Orchestra e Marcia, além do convidado especial Emicida.

Exposição:  A Emergência do Contemporâneo: a Vanguarda no Japão, 1950 – 1970

De 14 de julho a 28 de agosto de 2016

Paço Imperial – Praça Quinze de Novembro, 48 – Centro – Entrada Franca

Realização: Fundação Japão | Paço Imperial | IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional | Ministério da Cultura. Apoio especial: Ishibashi Foundation. Apoio: Lufthansa Cargo AG | Amigos do Paço | Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro | Prefeitura do Rio de Janeiro

Cinema – Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira

De 27 de julho a 1 de agosto de 2016

Entrada franca (retirada de ingressos 1 hora antes de cada sessão. Limite de 2 ingressos por pessoa.)

Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro

Realização: Fundação Japão. Apoio: Centro Cultural Banco do Brasil | Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro | Prefeitura do Rio de Janeiro | Ministério da Cultura

Música – Concerto POP: Olha pro Céu – Look at the Sky

29 e 30 de julho de 2016, às 20h30 (abertura da casa para o público às 19:30)

Ingressos à venda: www.vivorio.com.br ou na bilheteria do Vivo Rio

Vivo Rio – Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo

Realização: Fundação Japão, Produção: Sony Music do Brasil. Apoio : Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro |Prefeitura do Rio de Janeiro

jan 122016
 

Karuta_Georgetown_Univesity1A Fundação Japão em São Paulo promove no próximo sábado, 16 de janeiro, das 15h às 19h, um “Workshop de Karuta Competitivo” com a presença da atleta japonesa Mutsumi Stone.
O evento acontece na Associação Beneficente Provincianos Osaka Naniwa Kai e é aberto ao público, mas com vagas limitadas.
O evento será dividido em três partes: palestra, workshop e demonstração de kyogi karuta. Será mostrada a história do karuta, como se joga o kyogi karuta (karuta competitivo) e as técnicas básicas necessárias para o jogo, tais como o posicionamento das cartas, o que são kimari-jis, como pegar as cartas e também dicas para auxiliar a memorização.
Na terceira parte, um workshop apresentará partidas rápidas junto do público, que será dividido em dois grupos. Aqueles com conhecimento de hiragana jogarão chirashidori, no qual todas as cartas são espalhadas e o objetivo é pegar o maior número de cartas. Os demais, que não tiverem conhecimento de japonês, jogarão uma versão que traz nas cartas as letras romanas.
Depois, uma simulação de torneio, com partidas de verdade, será realizada para que o público possa assistir e se familiarizar ainda mais com o jogo.
Ao final, a partir das 19h, será servido um lanche para confraternização entre o público e os praticantes de kyogi karuta.

Mutsumi Yoshida Stone – Mutsumi Stone é uma jogadora de kyogi karuta de 6º dan e também instrutora, dedicada a introduzir e promover o jogo e os poemas de Hyakunin-isshu ao redor do mundo. No período de 2000 a 2012, quando viveu em países como Inglaterra, Casaquistão, Tailândia e China, promoveu o karuta por onde passou, retornando aos Estados Unidos no começo de 2013. Lá, ela criou o DC Inishie Karuta Club, e desde então vem promovendo o karuta entre alunos de colégios e universidades, e em eventos como o Sakura Matsuri Festival e New Year Festival em Washington DC, entre outros.

karuta_baralho_okKyogi Karuta – O termo “Karuta” vem do português “carta”, no sentido de “baralho”, e Kyogi Karuta é um jogo de cartas que utiliza 100 poemas antigos japoneses, escritos por 100 poetas diferentes, chamados Hyakunin-isshu.
O jogo é composto de dois conjuntos de cartas, cada um composto por 100 cartas. Um deles é chamado de Yomifuda, ou cartas de leitura, e o outro Torifuda, ou cartas de pegar.
Há um poema completo em cada Yomifuda, juntamente com o nome e uma figura do poeta que escreveu o poema. Já no Torifuda, há apenas a segunda parte do poema, escrito em hiragana.
Na partida, as cartas Torifuda são dispostas no chão, visíveis aos competidores. O leitor passa então a ler, aleatoriamente, as cartas Yomifuda, uma a uma, enquanto os jogadores, que estão ajoelhados, disputam para pegar o complemento correto da carta. O jogador mais rápido, que tocar primeiro a carta, fica com ela.
Hoje em dia, mais de 60 campeonatos de Kyogi Karuta acontecem pela All Japan Karuta Association no Japão anualmente. Há cinco níveis de jogador, desde a classe E até a mais alta classe A.

Palestra, Workshop e Torneio de Kyogi Karuta (50 vagas)
Data: sábado, 16 de janeiro de 2016 – Horário: das 15h às 19h
Local: Associação Beneficente Provincianos Osaka Naniwa Kai
Rua Domingos de Morais, 1581, Vila Mariana, São Paulo
Indicado para maiores de 15 anos

Entrada franca – Os interessados devem se inscrever pelo email info@fjsp.org.br.

ago 252015
 
DSCN8392

Sede da JICA Yokohama

colegio6284Além de proporcionar aos estudantes nikkeis do Ensino Médio a chance de visitar o Japão, a bolsa oferece a oportunidade de exporem suas ideias através das atividades de intercâmbio, e terem uma melhor compreensão da relação entre o Brasil e o Japão. O nome oficial dessa bolsa é: “Formação de Geração Futura da Comunidade Nikkei (Programa para Estudantes do Ensino Médio)”.

Período de inscrição: 24 de agosto a 24 de setembro de 2015. A bolsa será concedida durante as férias escolares do Brasil, no período de 6 a 29 de janeiro de 2016. A programação inclui visita do Museu da Emigração Japonesa de Yokohama, estágio em escolas de ensino médio, hospedagem na JICA Yokohama e home stay em casa de família para conhecerem os hábitos dos japoneses. Participam candidatos de nove países latino-americanos, e são 14 vagas para o Brasil.

Requisitos do candidato
Os candidatos deverão satisfazer todos os seguintes requisitos :
(1) Ser imigrante ou descendente de imigrantes japoneses, com residência fixa no Brasil.
(2) Como regra, ter, no período do intercâmbio, idade equivalente ao estudante do Ensino Médio do Japão (entre 16 e 18 anos).
(3) Como regra, a candidatura não se aplica a estudantes que participaram do programa de intercâmbio para estudantes do Ensino Fundamental, sendo a preferência dada a candidatos que nunca viajaram ao Japão.
(4) Ter a concordância dos pais ou do responsável legal.
※Nos países em que a legislação determinar a responsabilidade legal conjunta, deve-se obter a concordância de todos os responsáveis legais (pai e mãe ou representante legal).
(5)Ter proficiência em língua japonesa(Nível 4) ou inglesa suficiente para a comunicação do dia a dia.
(6) Não ter permanecido no Japão por período superior a seis meses. (Não ter frequentado o ensino fundamental por período superior a 6 meses, no Japão)
(7) Ter vontade consistente em aprofundar a compreensão em relação ao Japão.
(8) Gozar de plena saúde mental e física, estando apto a conviver em grupo durante sua estadia no Japão.

Leia todos os detalhes e faça sua inscrição:

http://www.jica.go.jp/brazil/portuguese/office/news/2015/c8h0vm00009ju5x6.html

A bolsa é muito boa, mas não deixe a inscrição para a última hora. São vários formulários a serem preenchidos com calma.

jul 212015
 

Comida típica é a principal atração de qualquer “matsuri”, e aqui vai a relação do que estará disponível no 18º Festival do Japão 2015, no São Paulo Expo Imigrantes, em São Paulo. Parte desses pratos só é servido neste evento, pois os ingredientes são trazidos do Japão especialmente para isso. Diferentemente dos anos anteriores, este ano, as barracas de alimentação estarão na área coberta. As barracas seguem a ordem numérica abaixo e ficam nas bordas do salão, , exceto as barracas 38 a 51, que ficam mais no meio, mas todos ficam no fundo a partir da entrada:

1 NAGANO – Nozawana zuke (conserva), pastel, shiitake gohan (risoto de cogumelo shiitake).

2 MIYAGUI – Gyutan (língua de boi assada), kaisen sossu yakissoba (macarrão com molho inglês e frutos do mar), gyoza, harakomeshi (arroz temperado com salmão).

3 GIFU – Shimeji com bacon (cogumelo com bacon grelhado), espetinho de lula, mitarashi dango (espetinho de massa de arroz com feijão doce), ika kushiyaki (lula grelhada), sanmá grelhado, sake, shochu (bebida feita com batata doce).

18 festival do japao yaki nishin4 HOKKAIDO – Yaki nishin (arenque grelhado), yaki ika (lula grelhada), chocolate e fondue de frutas, hijiki okowa, crepe de chocolate.

5 ENKYO PIPA – Yakitori (espetinho de frango), karê (arroz com curry), doces.

6 CHIBA – Yakissoba (macarrão com verdura e carne grelhados), gyoza, sushi, sashimi, hot roll (sushi frito), temaki, harumaki (rolinho primavera), robata yaki (espetinho), udon.

7 KIBO-NO-IÊ – Sonho.

8 KAGOSHIMA – Karukan Manju (doce especial típico da província), satsuma age (massa de peixe prensada e frita), churrasco, oniguiri (bolinho de arroz), anchova grelhada.

9 FUKUOKA – Tonkotsu lamen (macarrão com caldo de carne de porco), yakizakana (peixe grelhado), temaki. – Não abre sexta-feira.

18 festival do japao sanma10 IKOI NO SONO – Teishoku de sanmá (peixe grelhado), yakizakana (anchova grelhada), tonkatsu (milanesa), kakigoori (raspadinha), ichigo daifuku (bolinho de araruta com recheio de morango e feijão azuki), batata louca.

11 TOKYO – Kaminari yakissoba, gyudon (arroz com carne), ebi kushikashi (camarão), yakissoba especial, karaage (frango frito). – Não abre sexta-feira.

12 TOCHIGUI – Yakissoba, gyoza, kanpyo izushi (sushi), amazake (bebida doce à base de sake).

13 NARA – Kaki no hazushi (prato típico da província), okonomiyaki (panqueca japonesa), oshiruko (caldo doce de feijão e mochi).

14 MIYAZAKI – Chicken nanban (frango grelhado – nanban é uma influência européia), café, amazake. – Não abre sexta-feira.

15 NIIGATA – Shiro mochi (bolinho de arroz), sasadango (bolinho típico da província), na mochi, yakisoba, tempurá e sushi.

16 YASSURAGI HOME – Gyoza, cocada, shimeji itame (cogumelo refogado), e temaki.

17 AICHI – Misso kushikatsu, miso nikomi udon, sorvete de matchá (chá verde), inari zushi, e pastel.

18 festival do japao katsuo no tataki18 KOCHIKatsuo no tataki (sashimi levemente grelhado), Tai no mushi (peixe cozido no vapor), sugata zushi (peixe cru com arroz de sushi), yakisoba, tempurá, motiiri udon (macarrão com caldo quente), e sakura mochi (mochi com folha de cerejeira).

19 SAGA – Tempurá de sorvete e pastel.

20 IWATE – Sanriku wakame udon (macarrão com caldo quente), gyoza, korokke bentô (croquete), karê udon.

21 KUMAMOTO – Karashi renkon (raiz de lótus temperada com mostarda japonesa), nikuman (pão chinês), korokke bentô (refeição), ohagui (bolinho de arroz envolto por pasta doce de feijão), kinpirá renkon, brigadeiro de matchá (chá verde), choux cream (doce japonês). – Não abre na sexta-feira.

22 SANTO AMARO – Temaki, yakissoba, takoyaki (bolinho de polvo), tempurá, pastel, suco (natural: laranja/melancia), karaage (frango frito), mochi, e tempurá de sorvete.

23 WAKAYAMA – Kansaifu okonomiyaki (panqueca japonesa).

24 NAGASAKI – Nagasaki udon (macarrão com caldo quente). – Não abre na sexta-feira.

25 YAMANASHI – Houtou (sopa dos samurais), nikuman (pão chinês), karê raisu (arroz com curry), lamen.

26 KODOMO NO SONO – Yakissoba, tempurá, tempurá especial.

27 EHIME – Udon, gyoza, taruto (torta rocambole), sakepirinha (bebida doce de sake), e sakê. – Não abre sexta-feira.

28-YAMAGUCHI – Ichigo daifuku (massa de araruta com recheio de morango e feijão doce), bari bari soba (yakisoba crocante), choshu tempurá. – Não abre sexta-feira.

29 SHIGA – Niku udon (macarrão com carne e caldo quente), gyoza, tokusen karê (arroz com curry especial).

30 GUNMA – Kakiage ebi tempurá (tempurá de camarão), bentô.

31 FUKUSHIMA – Kitakata lamen (lamen típico da província), oniguiri (bolinho de arroz), gyoza, shiitake sanduíche, gelatina de café. – Não abre sexta-feira.

32 FUKUI – Etizen oroshi soba (macarrão típico de trigo sarraceno), teppan yakissoba (grelhado), tempurá, e lamén. – Não abre sexta-feira.

33 HIROSHIMA – Hiroshimafu okonomiyaki (panqueca japonesa). – Não abre sexta-feira.

34 TOYAMA – Sukiyakidon (sukiyaki com arroz), tempurá, korokke (croquete), misoshiru, annin dofu (doce japonês).

35 OSAKA – Kansaifu yakissoba, naniwa udon (macarrão com caldo quente), bentô.

36 OKINAWA – Soba de Okinawa (macarrão com caldo quente), sata andagui (bolinho de chuva típico da província), pastel, yakisoba, shimeji batayaki, yakitori, ebi kushiyaki, temaki.

18 festival do japao sanuki udon37 KAGAWA – Sanuki udon (comida típica da província).

38 AOMORI – Maçã, ringo juice (suco de maçã), produtos de maçã.

39 TOKUSHIMA – Oniguiri (bolinho de arroz), takoyaki (bolinho de polvo).

40 MIE – Ichigo daifuku (massa de araruta recheada com morango e feijão doce), pastel (não é qualquer pastel, é da Yokoyama), pizza, bentô.

41 YAMAGATA – Temaki, nigiri zushi, bentô, gyoza.

42 AKITA – Kiritampo (cozido típico de Akita à base de caldo e carne de galinha, vegetais e cogumelos, com fatias de massa de arroz assadas na brasa), Chicken Katsu (espeto empanado crocante de frango com tempero oriental), Sakura Moti (doce típico à base de arroz moti e feijão azuki envolto em folhas de cerejeira), Sake importado de Akita ( em doses e em garrafas), Sakepirinha (coquetel à base de sake e frutas diversas)

43 KANAGAWA – Chuka manju (doce típico). – Não abre sexta-feira.

44 CARMO SAKURA – Sakura mochi (doce de feijão com folhas de sakura), bentô.

45 OITA – Dango jiru (caldo especial de macarrão da província), tori meshi (risoto de frango), gyu tataki (carne levemente grelhada), habucha (chá), hoshigaki (caqui seco).

46 OKAYAMA – Matsuri sushi (prato típico da província), kibi dango (doce de arroz típico da província), temaki, hiyashi udon.

18 Festival do Japao sakura mochi47 ISHIKAWASakura mochi (doce de feijão com folhas de sakura – essas foram colhidas nos melhores pés de sakurá de Ishikawa!), sanshoku ohagi (doce com feijão), Hijiki okowa (arroz temperado com alga hijiki), kare (arroz com curry).

48 SHIZUOKA – Sukiyaki don (carne e verdura grelhados com arroz). – Não abre sexta-feira.

49 SAITAMA – karepan (pão com curry), produtos de Saitama.

50 HYOGO – Temaki, chá (chá da província), lamen, bolo chiffon.

51 TOTTORI – Daisen okowa (arroz temperado – prato típico da província), wagyu gyudon (arroz com carne temperada – wagyu é aquela carne macia).

18º FESTIVAL DO JAPÃO
24/07/15 – sexta – 12 às 21 horas
25/07/15 – sábado – 10 às 21 horas
26/07/15 – domingo – 10 às 18 horas
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo

Ingressos: R$15,00 (antecipado*) e R$18,00 (no dia) *Ingressos antecipados pelo site e/ou Facebook (http://loja.likestore.com.br/festivaldojapao)

fev 162015
 

jica yokohama8392A bolsa recebeu o nome de Programa de Bolsas de Estudos para Formação de Geração Futura da Comunidade Nikkei. Trata-se de uma oportunidade oferecida pelo governo japonês para estudantes universitários nikkeis, de qualquer área, que pretendam atuar no desenvolvimento das comunidades nikkeis e no fortalecimento do intercâmbio entre o Brasil e o Japão.
O treinamento será realizado entre 1º e 26 de julho de 2015, no Japão, e as atividades programadas são: visita ao museu da migração de Yokohama, palestra sobre imigração, aulas sobre cultura japonesa, idioma japonês, formação da identidade nikkei e a sociedade japonesa. Haverá palestras e estágio dentro da sua área de estudo em universidade, além de intercâmbio com estudantes japoneses.
As inscrições vão até 10 de março de 2015. São 9 (nove) vagas para os candidatos do Brasil. Uma parte das aulas será realizada na JICA de Yokohama, que é um belo lugar (foto) e vale a pena conhecer.
Veja os detalhes no arquivo PDF: Jica Bolsa Universitarios 2015.

jan 192015
 
setsubun_mamemaki_siteVenha conhecer como os japoneses afastam o diabo de suas casas e iniciam um novo ciclo de vida nesta época do ano.

A Fundação Japão em São Paulo promove, no dia 24 de janeiro, a partir das 13h, a Marugoto Oficina Cultural. O tema do evento nesta edição será o Setsubun.

O tema está ligado à época do ano, que no Japão separa o inverno da primavera. Assim, Setsubun significa, literalmente, “separar uma estação da outra”, representando um novo ciclo de vida. Neste período, dizem que surgem os Oni (ogros) para causarem mal às pessoas.

Estes rituais e histórias sobre o surgimento do Setsubun, tanto em japonês como em português, serão revelados na oficina. Também serão realizadas brincadeiras e origami envolvendo o tema, bem como curiosidades sobre o mamemaki, uma das tradições neste dia, criada para afujentar o Oni.

A duração da oficina é de cerca de 1h30, com participação gratuita a partir de 14 anos de idade. Interessados devem realizar inscrição antecipada, pois as vagas são limitadas (20 participantes).

Serviço: Marugoto Oficina Cultural – SETSUBUN

Data: 24 de janeiro de 2015, sábado – Horário: a partir das 13h

Local: Fundação Japão em São Paulo, Avenida Paulista, 37 – 2º andar
Próximo a estação Brigadeiro do metrô – Vagas limitadas (máximo de 20 participantes)

Informações e inscrições até 22 de janeiro de 2015. Tel.: (11) 3141-0110
E-mail: info@fjsp.org.br (Para inscrição, enviar no e-mail o nome completo, telefone para contato e indicar o evento “Marugoto Oficina Cultural”)

jul 082014
 
Tanabata com quimono - foto Laika Ac

Tanabata com quimono – foto Laika Ac

A Associação Brasileira de J-Fashion promove um passeio de pessoas usando quimono (yukata, hakama e outros tipos) pelo bairro da Liberdade, em São Paulo.

A ideia é resgatar o costume de utilizar essa vestimenta nas ruas, principalmente em dias de eventos de cultura japonesa. O quimono existe há muito tempo, mas não deve ser objeto de decoração ou de uso ocasional em apresentações de odori (dança japonesa). Deve ser usado em várias ocasiões, como acontece no Japão. É o que dizem os representantes da J-Fashion.

Podem participar do encontro qualquer pessoa (homem, mulher, criança ou idoso) e não há nenhuma taxa e nem inscrição prévia. Pede-se apenas registrar interesse no facebook da J-Fashion, para os organizadores terem uma ideia do número de participantes.

Os interessados deverão comparecer na frente da Associação Cultural e Assistencial da Liberdade, que fica na Avenida Liberdade, 365, ao lado do Sogo Plaza e da praça da Liberdade (metrô Liberdade), às 10 horas do dia 19 de julho de 2014 (sábado). O grupo dará um giro pela praça da Liberdade e rua Galvão Bueno. Será um simples passeio em grupo que deverá terminar até 12h30.

O 36º Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas terá início às 14 horas, portanto, o encontro dos apreciadores de quimono terminará antes disso. A ideia é evitar o público aglomerado que impossibilita a circulação, pois nesse evento parte da praça da Liberdade é interditada para apresentação de danças típicas. A vantagem é que as ruas estarão desde cedo decoradas com os enfeites de tanabata nos bambus, e poderá render boas fotos. Quem quiser, é claro, poderá continuar na região depois das 14 horas para apreciar o festival.

Uma outra ideia da Associação Brasileira de J-Fashion é conseguir um bom desconto nos restaurantes japoneses para quem estiver trajando um quimono completo. Assim, o restaurante estará contribuindo para incentivar o uso do quimono e ao mesmo tempo estará se beneficiando da beleza típica dos quimonos em seu estabelecimento.