abr 072014
 

Em 1919, Isaburo Namiki inaugurou uma loja de roupas femininas e infantis no bairro de Akasaka, em Tóquio. No mesmo ano, começou a ensinar corte e costura dessas roupas no local. Com a ajuda de Masajiro Endo, o estabelecimento se tornou uma escola de moda em 1922, e no ano seguinte, se tornou a primeira faculdade de moda do Japão. Ganhou o atual nome de Bunka Fashion College (Bunka Fukusou Gakuin) em 1936, e no mesmo ano passou a editar So-en, a primeira revista de moda do país.
Em 1955, a escola convidou o estilista francês Christian Dior e mais 11 pessoas, incluindo modelos, para fazer desfile na própria faculdade e em Nagoya, Quioto e Osaka. Em 1958 e 1961, foi a vez do estilista Pierre Cardin, que se tornou professor honorário da escola. O investimento deu resultado. Na década de 60, passaram pelos bancos da escola nomes como de Kenzo Takada e Yohji Yamamoto. Mais tarde, a escola recebeu outros alunos que conquistaram seus espaços, como Junko Koshino, Norio Suzuki, Mitsuhiro Matsuda, Akiko Kitahara, Isao Kaneko, Yutaka Hasegawa e Hiroko Koshino.

O Bunka Fashion College está classificado como a 3ª melhor escola de moda do mundo.
Saiba mais no site do Bunka Fashion College (em inglês). Veja os comentários de uma brasileira que estudou lá (em português)

Passeie pela escola em Shibuya, que tem um edifício de 20 andares, um museu da moda, uma loja que vende desde botões a máquinas de costura, e um auditório para desfiles de moda, numa visão de 360º
Um pouco do que é o ensino da moda no Japão pode ser visto no video da Kawaii International, programa da TV NHK.

  One Response to “Faculdade de moda no Japão: Bunka Fashion College”

  1. Parabéns, pelo post. Adorei, e fiquei curiosa para assistir ao vídeo, mas não consegui. Esta faculdade é maravilhosa. Trabalho constantemente com um manequim de medidas reduzidas da Bunka, que faz o maior sucesso.

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)