out 142014
 

Kanazawa trembalaA expectativa é grande na cidade de Kanazawa, província de Ishikawa, no mar do Japão. O trem-bala ligando Tóquio e Kanazawa será inaugurado em 14 de março de 2015.  Na grande estação de Kanazawa, que será também a estação do novo veículo, há um tour mostrando as futuras instalações. Nas paredes da estação estão expostos desenhos de crianças que participaram do concurso de desenho do trem-bala e nos supermercados existe até um doce típico, cuja caixa tem o formato do trem.

DSCN4255

Contagem regressiva para o grande dia

Contagem regressiva para o grande dia

O projeto é realmente novo. O seu design foi inspirado no tema “Wa no Mirai”, que pode ser traduzido como “O futuro da essência japonesa”, e a criação coube ao designer Kyoyuki Okuyama, que trabalhou na General Motors americana, na Porsche alemã e na italiana Pininfarina, onde ficou famoso por ser o único não italiano a desenhar um modelo da Ferrari.

Já havia trem-bala entre as estações de Tokyo e Nagano. Agora, o mais novo ligará a estação de Tokyo até Kanazawa, passando por Nagano e Toyama. O percurso, feito atualmente por trem-bala e por trem expresso em 4 horas, se resumirá a uma curta viagem sem baldeações de 2 horas e 28 minutos. A população de Kanazawa espera que essa facilidade ajude a cidade a receber mais turistas.

Castelo de Kanazawa

Castelo de Kanazawa

Kanazawa é uma cidade pequena, de 458 mil habitantes, mas é a maior cidade da província de Ishikawa, e a capital cultural e econômica da região de Hokuriku, composta por Toyama, Ishikawa e Fukui. Embora não receba tantos visitantes estrangeiros, é uma cidade bastante querida pelos japoneses. Ela recebe anualmente 7 milhões de visitantes, muitos dos quais em busca de um refúgio tipicamente japonês. Vale lembrar que a cidade possui muitas das construções da época dos samurais, porque o local pertencia a um dos mais ricos senhores feudais do Japão, e que soube investir na arte e na cultura. Depois, a cidade nunca sofreu um desastre natural devastador como em outras regiões, além de não ter sido bombardeada durante a guerra.

A cidade tem artesanato próprio, cerimônia do chá, teatro Noh, biscoitos típicos “wagashi”, onsen (thermas), bairro das gueixas, e um calendário repleto de eventos, como desfiles de moda, festa de animê, oficinas artísticas, maratonas e até academia de sumô. Não faltam atrações para o turista, que conta com vários museus, inúmeros restaurantes típicos, parques e templos, e o que é importante, é possível se locomover facilmente a pé ou com um ônibus circular que sai da estação de Kanazawa levando turistas.

  One Response to “O trem-bala leva o turismo a Kanazawa”

  1. Kanazawa é uma surpresa agradável, que não consta dos típicos roteiros turísticos para estrangeiros no Japão. Já tinha ouvido falar que ela é famosa entre os japoneses pelo bairro samurai, que está preservado do jeito que realmente era há 300 anos, coisa que não se encontra mais no resto do país.

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)