maio 142018
 

©Lasta29

Já está aberta a mini-exposição Tango No Sekku – Símbolos e tradições do Dia dos Meninos (端午の節句), promovida pela Fundação Japão, com entrada gratuita. A mostra acontece na Biblioteca da Fundação, aberta de terça à sexta, das 10h30 às 19h30, e aos sábados, das 9h às 17h.

Os visitantes poderão conhecer um pouco mais sobre o Dia dos Meninos, que é comemorado anualmente no Japão em 5 de maio. Nesta data, é celebrado o crescimento saudável e a felicidade dos meninos, desejando que se transformem em adultos fortes, corajosos e inteligentes.

A mostra apresenta ornamentos e exposições de elementos típicos utilizados na decoração das residências, como o kabuto, elmo samurai; e também em áreas externas, nas casas ou em lugares públicos, como o koinobori, flâmulas em forma de carpa.

O Dia dos Meninos é tradicionalmente associado à carpa, símbolo de resistência, perseverança e força, e também à flor de íris e ao cálamo aromático. As folhas longas e pontiagudas de ambos remetem ao formato de espadas e serviam de brinquedo nas encenações infantis de batalhas.

Dia das Crianças

Em 1948, com o fim da Segunda Guerra Mundial, o governo japonês estabeleceu que o Dia dos Meninos fosse renomeado Dia das Crianças, para que se passasse a valorizar a personalidade das crianças em geral, e não apenas dos meninos, buscando a sua felicidade e cultivando a gratidão às mães.

No entanto, ainda hoje a tradição de comemorar os meninos prevalece, mas tem sido marcada mais pela decoração dos lares de famílias com filhos meninos com koinobori, flâmulas em forma de carpa, do que pela exibição de bonecos guerreiros.

Além dos adereços, a data é marcada por duas comidas típicas, que servem de oferenda no Dia dos Meninos: o kashiwamochi e o chimaki. O primeiro, feito com farinha de arroz e recheado com doce de feijão, é cozido no vapor e servido enrolado em folhas de carvalho.

Embora haja variações regionais de recheio, o costume busca trazer boa sorte e prosperidade. A explicação está nas árvores de carvalho, que não perdem suas folhas até que novos brotos comecem a surgir. Suas folhas, portanto, representam o desejo de continuidade da família e que ela prospere constantemente de geração em geração.

Já o chimaki, que parece ter origem na culinária chinesa, é feito com arroz glutinoso embrulhado em folhas de bambu e cozido no vapor. Possui vários formatos e inúmeras variedades regionais. Seu nome derivaria do fato de, originalmente, ser enrolado em folhas de chigaya. No sentido literal, chi (folhas de chigaya) e maki (enrolado).

A origem da comemoração

A tradição desta comemoração é originária da China, onde as épocas marcadas pela mudança de estações eram celebradas com oferendas de comidas para espíritos e divindades, com o intuito de afastar os maus espíritos.

Tal prática deu origem ao Gosekku, cinco festividades sazonais, que ainda hoje são celebradas no Japão. Uma delas é o Dia dos Meninos, também conhecido como Tango no sekku (端午の節句), ou Festival do primeiro dia do cavalo, já que o quinto mês do ano é o mês do cavalo no calendário chinês; ou Shobu no Sekku (菖蒲の節句), ou Festival da Íris.

Figuras como elmos e armaduras de samurais, armas, símbolos marciais e bonecos guerreiros (武者人形musha ningyo), representando personagens heroicos do passado japonês, fazem parte das decorações, materializando valores como a coragem, a persistência, a destreza marcial e a lealdade.

Mini-exposição Tango No Sekku – Símbolos e tradições do Dia dos Meninos (端午の節句)
Data: até 30 de junho de 2018
Local: Biblioteca da Fundação Japão São Paulo
Horário para visitação: de terça à sexta, das 10h30 às 19h30, e sábados, das 9h às 17h
Classificação: livre
Ingressos: Gratuitos
Endereço: Av. Paulista, 52 – 3º andar – Bela Vista, São Paulo
Mais informações: (11) 3141-0110 | biblioteca@fjsp.org.br

mar 132018
 

A Fundação Japão promove, a partir de 13 de março, a exposição Hina Ningyo: purificação, proteção e arte. Realizada em sua biblioteca, a mostra ficará aberta ao público até o dia 28 de abril, com entrada gratuita.

No mês de março, além de comemorarmos o Dia Internacional da Mulher, também no Japão é comemorado o Hinamatsuri, ou Dia das Meninas, celebrado sempre no dia 3. Para comemorar a data, serão expostos diversos modelos de hina ningyo, bonecas feitas a partir de origami, washi-e e oshi-e, além das tradicionais, de porcelana. 

Hinamatsuri 

Acredita-se que o Hinamatsuri tem origem em um antigo ritual chinês, introduzido no Japão durante o período Heian (794-1185), e desde o período Edo (1603-1868), é celebrado oficialmente no dia 3 de março como o Hinamatsuri (Festival das Bonecas ou Dia das Meninas), data em que são ofertadas orações por uma vida feliz e saudável para as meninas da família. 

No início, num ritual de purificação, as pessoas costumavam esfregar em seus corpos o hitogata, figuras humanas estilizadas, geralmente feitas de papel, para as quais se acreditava que eram transferidos seus pecados e impurezas. Essas figuras eram depois colocadas num rio, para que flutuassem em direção ao mar. Acredita-se que o hitogata deu origem aos hina ningyos, e o ritual de purificação continua vivo nos dias de hoje, celebrados em diversas regiões do Japão. 

Mais tarde, as celebrações incorporaram a exposição do dairibina, casal imperial, e alguns poucos acessórios. Pouco a pouco, passaram a ser produzidas bonecas e acessórios decorativos cada vez mais sofisticados e diversificados, incluindo ningyos serviçais, comidas típicas e diferentes acessórios decorativos. A exposição ocorria em grandes altares, com vários degraus, chamados hinadan

Hoje, o Hinamatsuri é uma celebração colorida e esteticamente bem elaborada, geralmente composta de modelos mais compactos. Os altares suntuosos são geralmente vistos em museus, templos ou nas escolas. Um aspecto, no entanto, segue vivo até hoje: o desejo de assegurar às meninas saúde e felicidade. 

A cultura dos ningyos 

No Japão, desde a antiguidade, os ningyos fazem parte da vida cotidiana. Eles representam não apenas um item de entretenimento e decoração, mas principalmente um artefato encantado, de veneração. Embora os ningyos tenham constantemente mudado sua forma ao longo das eras, o amor dos japoneses por eles continua intacto. 

Os ningyos não são somente importantes como verdadeiras formas de arte, mas, sobretudo, como uma inestimável fonte de informação sobre costumes e tradições japonesas. Eles refletem as aspirações do povo japonês; ilustram eventos históricos e folclóricos, práticas e crenças; possuem distintos e variados atributos regionais; e representam tanto a vida cotidiana da nobreza como da população.

Hina Ningyo: purificação, proteção e arte

Data: de 13 de março a 28 de abril de 2018

Local: Biblioteca da Fundação Japão São Paulo – Horário para visitação: de terça à sexta, das 10h30 às 19h30, e sábados, das 9h às 17h

Classificação: livre – Entrada franca – Endereço: Av. Paulista, 52 – 3º andar – Bela Vista, São Paulo – (11) 3141-0110 biblioteca@fjsp.org.br

jan 312018
 

“Bate-papo em Japonês” é uma atividade de conversação em japonês, ministrada pelos voluntários que falam a língua japonesa nativa, com o objetivo de apresentar a língua, a cultura, hábitos e costumes do Japão, além de estreitar laços de amizade entre voluntários e participantes.

Podem participar pessoas de qualquer idade e de diferentes níveis de conhecimento da língua japonesa. Na primeira parte da atividade há a apresentação da língua e cultura japonesa, com projeção, e tradução simultânea para português.  Na segunda parte, os participantes são divididos em pequenos grupos, de duas ou três pessoas, para praticar a conversação em japonês.  Na terceira e última parte, os participantes aprendem diversas brincadeiras antigas e modernas do Japão, aperfeiçoando a língua e cultura japonesa. Na aula do dia 28 de janeiro, os participantes aprenderam sobre a história do “Iroha Karuta”, jogo de baralho japonês que traz poemas curtos (tanka), e aprenderam a brincar com ele.

Data e Local da realização

Data da realização: Em princípio, todas as segundas-feiras das 10 horas às 12 horas. É grátis, mas é necessário fazer inscrição antecipadamente.

Local: Centro Brasileiro de Língua Japonesa
            R. Manoel de Paiva, 45 (Próximo do metrô Ana Rosa)

Faça a sua inscrição para o dia 05 de Fevereiro no link abaixo.

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdAUUqbuVu4DUxOTm1kHvl_f_6kSjH2usAR2DbO5GIs2XV-ZA/viewform

dez 282017
 

O escritor Yusaku Furuya, de 40 anos, teve uma ideia estranha ao usar o tema “unko”, que significa literalmente “merda”, para uma coleção de cadernos de atividades para se aprender o kanji, ideograma japonês. A coleção tem 6 volumes, uma para cada ano do ensino fundamental. As crianças japonesas, ao longo dos seis anos do fundamental precisam aprender o total de 1006 kanjis, o que não é nada fácil.

Assim, Furuya criou um desenho simples de uma “bosta” com bigode, que seria o professor. Como as crianças nessa idade acham graça só de falar a palavra, Furuya caprichou na dose e escreveu a palavra 3.018 vezes dentro dos textos dos cadernos. O texto é bastante criativo, ao colocar sempre o excremento como um ser ou objeto. Por exemplo: a camiseta com a estampa do “unko” é sucesso de vendas. Fui ao museu ver o “unko” do elefante de Naumann.

Os cadernos foram lançados em março de 2017 e, no final do ano, a publicação havia alcançado 2,8 milhões de exemplares vendidos, o que representa 40% de todos os cadernos de atividades de kanji vendidos no Japão para o ensino fundamental. A editora Bunkyosha está contabilizando os lucros dessa ousada iniciativa. Isso prova que uma ideia inovadora, que conta com o respaldo de uma empresa que aposta na ousadia, pode-se tornar um grande sucesso comercial em pouquíssimo tempo.

jul 252017
 

Há muitos anos não era realizada essa gincana poliesportiva da Associação da Província de Kagawa no Brasil. Agora, munidos de uma boa equipe de voluntários, os dirigentes da entidade resolveram voltar a realizar essa atividade cultural e esportiva tão tradicional, que tem muito a ver com a cultura japonesa.

O Undoukai Kagawa 2017 será realizado no dia 6 de agosto,  domingo, entre 9 e 16 horas, no Colégio Santa Amália, que fica na Avenida Jabaquara, pertinho da Estação Saúde do metrô. A entrada custa R$ 5,00 e concorre a um sorteio durante o evento.

Todos podem participar das divertidas provas, que são divididas por faixa de idade e ainda recebem brindes como prêmio. Haverá estande de alimentos variados para abastecer os atletas e suas famílias.

Saiba exatamente a história e o que é o Undoukai!

jun 292017
 

A NHK WORLD estará presente no Festival do Japão que será realizado de 7 a 9 de julho no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center. Este ano, o destaque do estande é a língua japonesa, pois será apresentado o  Curso de Japonês , que é transmitido pela RÁDIO JAPÃO, e o Japan Easy que vai ao ar através da NHK WORLD TV.

Convide os amigos e leve a sua turma para participar das atividades que estão programadas. Registre o momento e compartilhe fotos no Facebook com a hashtag #nhkjapanese.

Seu Kanji favorito
Que tal experimentar a escrita japonesa? Você pode escolher um ideograma Kanji da sua preferência, seja pelo formato ou pelo significado, e tentar reproduzi-lo no papel.

Fotos com os personagens do Curso de Japonês
Tire belas fotos ao lado da Anna e demais personagens do curso de japonês no painel ilustrado que estará disponível aos visitantes.

No estande da NHK você poderá conferir também o website e os vídeos dos programas.

20º Festival do Japão 2017
 Data: 07, 08 e 09 de julho de 2017
 07/07/17 – sexta – 12 às 21 horas
 08/07/17 – sábado – 10 às 21 horas
 09/07/17 – domingo – 10 às 18 horas

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
 Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo
 Ingressos: R$ 22 (antecipado e online), R$ 25 (bilheteria no dia) e R$ 12 (meia-entrada, online e na bilheteria)
 Estacionamento no local (terceirizado) – R$ 45
 Transporte gratuito do metrô Jabaquara, das 8 às 22 horas

*Ingressos antecipados à venda nos pontos de vendas oficiais e pelo site.
 * Entrada gratuita para crianças até 08 anos, mulheres acima de 60 anos e homens acima de 65 anos. * Meia-entrada apenas mediante documento de comprovação

Informações: www.festivaldojapao.com – Tel: (11) 3277-6108 / 3277-8569
 Facebook: www.facebook.com/festivaldojapao
abr 072017
 
A Associação Cultural e Esportiva Nikkey de Vinhedo, com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Vinhedo, está organizando o seu 8º FESTIVAL DO JAPÃO  na cidade de Vinhedo, SP, a 75 Km da Capital de São Paulo., nos dias  20 e 21 de Maio de 2017.
A festa terá início no sábado 20 de Maio  (10:00 às 22:00) e no domingo 21 de Maio (10:00 às 18:00 horas).
Comidas típicas, produtos japoneses e diversas atrações culturais, como taikô, aikidô, kassaodori, Teddy Shigueyama, Ryu Jackson e awaodori, fazem parte deste Festival do Japão em Vinhedo. Há também apresentação de cosplay para os fãs de mangá e animê e um espaço para as crianças.
Local do Evento: Parque Municipal Jayme Ferragut, no mesmo local onde é realizado todos os anos a Festa da Uva de Vinhedo. Mapa
abr 062017
 

A Biblioteca Parque Villa-Lobos foi inaugurada em novembro de 2014 e é um grande espaço cultural, com área para palestras, apresentações teatrais e musicais, exposições e contações de histórias. Seu acervo é formado por livros, revistas, jornais, livros eletrônicos, audiolivros, HQs, DVDs e CDs, além de livros em braille e falados, voltados para pessoas com deficiência. Conta com ambientes para estudo, mas o público poderá se associar e levar os livros para ler em casa.

Seu catálogo de livros é variado e conta também com cerca de 50 livros em idioma japonês e mais de 100 livros em português sobre a imigração, história e cultura japonesa. Livros infantis incluem títulos como “Totoro”, “Ponyo”, ambos do mestre Miyazaki, e também “Kamen Rider”. Para o público adulto, há livros do consagrado Haruki Murakami, por exemplo. Entre os DVDs, vários da série “Dragon Ball: Kai”, “Steamboy” e “Vidas ao Vento – Kaze Tachinu” de Miyazaki. Boa parte desse acervo foi doada pela professora Cristina Sanae Matsuzake Igarashi.

Infelizmente, todo esse acervo desaparecerá da biblioteca no final deste 1º semestre de 2017, pois a administração alega que não há procura por esse material. Cabe então irmos lá e movimentar esse importante acervo cultural. De todos os locais que abrigam livros com esse tema, essa é a única biblioteca que funciona nos finais de semana.

Biblioteca Parque Villa-Lobos
Av. Queiroz Filho, 1205 – Alto de Pinheiros, São Paulo (SP)
CEP 05461-010 – Tel.: +55 (11) 3024-2500
contato@bvl.org.br
De terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 horas.
Fechada nos dias 24, 25 e 31 de dezembro, 1º de janeiro e terça de carnaval.

O acervo da Biblioteca Villa-Lobos pode ser consultado pelo link.

jul 012016
 

Kokushikan_2_a_SakuraMatsuri_001_a20º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos, neste final de semana, dias 2 e 3 de julho de 2016, sábado e domingo, das 8h às 17h. É um bosque agradável com 400 pés de cerejeiras floridos do Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, na Estância Turística de São Roque, distante 51 quilômetros de São Paulo. Além da natureza enfeitada pelas pétalas rosadas, o Festival também oferece outras atrações especiais neste evento que faz parte do calendário turístico da cidade de São Roque.

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

Os 22 estandes reúnem pratos da tradicional culinária japonesa, preparados pelas entidades nipo-brasileiras da região, além de pratos da culinária alemã, italiana e portuguesa.

Os visitantes vão encontrar iguarias para todos os gostos e bolsos, desde os oniguiri (bolinho de arroz) por R$ 4; os obentôs (pratos feitos da culinária japonesa) por cerca de R$ 18; até pratos típicos como o Eisbein (joelho de porco, da culinária alemã), que custa R$ 45. Outras opções são uma infinidade de iguarias: acarajé, espetinhos, gyoza, gyudon, inari sushi, kare rice, lamen, manju, medalhão de shimeji, misso shiru, mochi (sakura, nato, kinako, anko), obentô (diversos), Okinawa sobá, okonomiyaki, oniguiri (normal / shiro / missô / mostarda), oshiruko, pastel (diversos sabores, como shimeji, camarão, salmão), rot holl, sakura maki (wrap), sataa andagui (bolinho doce), shimeji, temaki (salmão / skin / Califórnia), tempurá (com camarão / sorvete), tonkatsu onigirazu, tortinha de maçã, udon, yakisoba, yakitori, variedade de conservas. Há salgadinhos (coxinha, rissoles, bolinho de carne, kibe, esfirra, massa folhada, empadas), bolos (diversos), rocambole (doce / salgado), biscoitos (diversos), crepes francês e suíço (salgado e doce), tapioca (salgada e doce), fondue (frutas orgânicas e chocolate quente), waffle, churros, picolé sabor azuki, sorvete de massa, suco de laranja champanhe, umeshu e chopp (claro / escuro / de vinho). Da culinária da ALEMANHA: salsichões (cervela / weisswurst / schüblig / kalbsbratwurst), eisbein (joelho de porco), ITÁLIA: polenta frita, massas (gnocchi / caneloni / rondeli / fagottini) e cannoli, PORTUGAL: alheira, bolinho de bacalhau, caldo verde, espeto no galho de louro e doces (pastel de Belém / Santa Clara / Tocha).

PRAÇA DOS BAZARISTAS

Aqui, 44 estandes oferecem uma gama de produtos tais como artesanato, cosméticos (Avon, Natura, oBoticário), bijuterias e joias, blusas e casacos, bolsas (couro ecológico), bonecas japonesas, brinquedos, calçados diversos (Melissa, Crocs, em couro), carteiras, chapéus, chaveiros, confecções nacionais e importadas, dvds / cds japoneses  e coreanos, guarda-chuva, jaquetas, kimono (yukata), lenços, leques, lingerie, moda fitness, utensílios domésticos (Tupperware, panelas de alumínio e cerâmica antiaderente), pelúcias, perfumes, pijamas, plantas (miniaturas de cacto e rosa do deserto), quebra-cabeças, travesseiros e almofadas em visco-elástico, utensílio em bambú, variedades em artigos infantis. Destaque nesse local para as barracas de verduras, flores e folhagens de produtores da região. Além, é claro, da venda de mudas de sakura (produzidas no próprio Kokushikan).

SHOWS DE MÚSICA, DANÇA E ARTES MARCIAIS

No sábado e domingo, o palco também estará recheado de atrações artísticas e culturais. Jorge Suzuki, nosso conhecido animador, estará apresentando a seguinte programação artística:

SÁBADO

10:00 Ken Yamazato (engenheiro de pipas)
10:20 Kendo Kokushikan (kendô, arte marcial japonesa com espada – São Roque)
10:40 Iki – Iki Taissô (ginástica voltada a melhor idade)
10:50 Mugen – Artes Marciais – prof. Gilson (Cotia)
11:10 Assoc. Kenko Taisso do Brasil (kenko taissô, ginástica)
11:30 Mariko Nakahira (cantora do Japão)
12:00 CERIMÔNIA DE ABERTURA
13:35 Gold and Silber (grupo folclórico alemão)
14:10 Joe Hirata (cantor)
14:45 Kien Daiko (taikô, tambor japonês – São Caetano do Sul)
15:10 Ricardo Nakase (cantor e performer)
15:35 Nete Salmha – Dança do Ventre
16:00 Instituto Niten – Unidade Sorocaba (kendô, arte marcial japonesa com espada)
16:20 Encerramento

DOMINGO

10:00 Ken Yamazato (engenheiro de pipas)
10:20 Assoc. Ibiunense de Artes Marciais – prof. Horigome (aikido, arte marcial de defesa pessoal)
10:40 Sawalef – Dança do Ventre
11:05 Ballet Marisa Éscher (Vargem Grande Paulista)
11:30 Ryu Jackson (cantor e performer)
11:50 Fernanda Nakai (cantora)
12:10 Kodama Kai – ACEVGP (taikô, tambor japonês – Vargem Grande Paulista)
12:35 Karen Ito (cantora)
13:00 Sergio Tanigawa (cantor)
13:25 Corpus Line (dança – Mogi das Cruzes)
13:50 Assoc. Kenko Taisso do Brasil (kenko taissô, ginástica)
14:10 Mariko Nakahira (cantora do Japão)
14:35 Edson Saito Y.ES Band (banda)
15:25 Grupo Folclórico Tirol – Sapateado (grupo folclórico austríaco)
15:50 Edgar Ishida (cantor)
16:15 Shinkyo Daiko (taikô, tambor japonês – São Caetano do Sul)
16:40 Kendo Kokushikan (kendô, arte marcial japonesa com espada – São Roque)
17:00 Sorteio

OFICINAS CULTURAIS

• Pipas
Os pequenos e grandes poderão se entreter com as lições de Ken Yamazato e equipe para produzir e soltar uma pipa pelos ares do Kokushikan;

• Iki-Iki Taissô
A professora japonesa Reiko Akabane fará demonstração de uma série de exercícios físicos voltados à terceira idade;

• Bonsai
Exposição e oficina sobre cuidados dos bonsais a cargo da Associação Amigos do Bonsai de Vargem Grande Paulista;

Cerâmica
Membros da Comissão de Arte Craft realizam oficina com argila e exposição de cerâmica de alta temperatura;

Shodô
Elcio Yokoyama, no sábado, ensina sobre a prática dessa tradicional arte caligráfica;

Etiqueta Japonesa
A especialista Lumi Toyoda, no domingo, realiza sessões de orientação sobre o tema;

Ikebana
Representantes da Escola de Ikebana Sanguetsu são os responsáveis pelas sessões da vivência de arte floral;

Horóscopo Oriental
Teruo Hama, durante os dois dias, estará atendendo interessados em ouvir sobre suas características pessoais.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

Além das atividades culturais, será realizado o Concurso Bunkyo de Fotografia. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas durante o Sakura Matsuri. Somente as fotos tiradas no evento deste ano podem participar – e os candidatos concorrem a três máquinas fotográficas da Fujifilm!

Bem, se todas essas atrações preparadas pela mão humana não lhe apeteceram, fique somente com a atração oferecida pelas bênçãos da natureza: as flores das cerejeiras. Que tal?

20º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos
Dias 2 e 3 de julho de 2016, das 8h às 17h

Onde: Centro Esportivo Kokushikan Daigaku
Estrada do Carmo, 801 (entrada pela Rodovia Bunjiro Nakao, km 48), São Roque – SP
Entrada franca – Colaboração por veículo R$ 20,00
Informações: www.bunkyo.org.br / facebook.com/bunkyo

abr 282016
 

UNDOKAI TohokuUndokai, gincana poliesportiva, no meio de São Paulo é um fato raro, já que não existem mais aqueles campinhos nos bairros da cidade. Entretanto, as associações de províncias da região de Tohoku e mais Hokkaido promovem o Undokai, que já está na 12ª edição, no Colégio Marista Arquidiocesano, na Rua Afonso Celso, 840, saída do metrô Santa Cruz e na frente do shopping Santa Cruz. Dia 1° de Maio de 2016, das 9 às 16 horas. Muita comida típica, bazar e atrações como taikô.
Veja a programação das provas:
1 – Radio Taisso – todos
2 – Pegar Milho – geral / idosos
3 – morder biscoito – crianças de 10 a 14 anos
4 – morder biscoito – adultos
5 – corrida 50 m – crianças até 10 anos
6 – corrida 100 m – crianças a partir de 10
7 – corrida de sacos – crianças a partir de 10
8 – corrida de 3 pernas – adultos
9 – varrer a bola – crianças
10 – varrer a bola – adultos
11 – fazer contas – crianças de 5 a 10 anos
Almoço – show de taikô
12 – passa bola com as mãos – idosos
13 – passa bola com as mãos – crianças
14 – procurar noiva/sogra – adultos
15 – procurar noivo/sogro – adultos
16 – corrida da feirinha – crianças até 8 anos
17 – corrida de ovo – crianças
18 – pegar envelope – idosos
19 – cabo de guerra – crianças
20 – cabo de guerra – adultos
21 – estourar o globo – crianças
22 – encestar – crianças
23 – corrida de revezamento – todos
Ingresso: R$ 5,00 ou produtos de higiene pessoal ou de limpeza. Toda a arrecadação será doada ao Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô no Iê“.

São promotores do evento as associações de: Akita, Aomori, Fukushima, Hokkaido, Iwate, Miyagi e Yamagata.