jan 222015
 
Keiwa College

Keiwa College

Se você é um aluno matriculado numa escola de japonês, provavelmente vai ter a quem perguntar sobre o Noryoku Shiken, exame de proficiência, que é realizado uma vez por ano no Brasil. O exame é aberto, ou seja, mesmo quem tenha estudado em casa, ou nunca tenha feito um curso, pode prestar esse exame. E é para esse público que publicamos essas informações.

O que é: O Exame de Proficiência em Língua Japonesa é realizado desde 1984, e acontece simultaneamente no Japão e em outros 61 países. Em alguns países o exame ocorre em julho e dezembro, mas no Brasil acontece só uma vez por ano, em dezembro. Em 2015, será no dia 06 de dezembro, domingo. Poucos prestam esse exame? Não. O Noryoku Shiken é prestado anualmente por mais de 600 mil pessoas em todo o mundo. A idade dos participantes varia bastante. Há estudantes do ensino fundamental e médio, universitários e os pós-graduandos, além de pessoas que já trabalham e aqueles que já estão aposentados. Esses últimos querem apenas medir o seu nível de conhecimento, enquanto os demais pretendem utilizar a aprovação no futuro. Os aprovados recebem um certificado de aprovação emitido no Japão, pelo correio.

Qual a validade do Noryoku Shiken? Trata-se de um exame internacional e sério, levado em conta em diversas situações: 1 – Muitas faculdades aceitam o certificado desse exame como comprovante de compreensão do idioma japonês, 2 – Para prestar o exame como médico para atuar no Japão é exigido o grau N1 (máximo) desse exame. 3 – O mesmo ocorre com os enfermeiros. 4 – O grau N1 soma pontos na hora de solicitar visto temporário mais longo ou permanente. 5 – Algumas empresas exigem o documento para contratação de funcionários. 6 – O documento pode ajudar na hora de concorrer a uma bolsa de estudos no Japão.

Como se inscrever para o Noryoku Shiken: Em princípio, basta preencher um formulário e pagar a taxa, que em 2014 variou de R$ 90,00 (N5) a R$ 150,00 (N1). Atenção: Apesar do exame ser no dia 6 de dezembro de 2015, as inscrições precisam ser feitas durante o mês de agosto! O local para o próximo exame ainda não foi divulgado, mas geralmente ocorre no bairro da Liberdade, em São Paulo, e em várias capitais.

Veja os locais de inscrição do Noryoku Shiken 2015.

Os níveis de proficiência: N5 – é o nível mais fácil, exige-se apenas conhecimentos básicos, N4 – ainda fácil, mas exige-se mais, N3 – É preciso compreender até certo grau a língua japonesa usada em situações cotidianas, N2 – Além de compreender a língua japonesa utilizada em situações do cotidiano, precisa ser capaz de compreender até certo grau a língua japonesa utilizada em situações mais amplas, e N1 – É o nível mais alto exigindo muito conhecimento e a utilização do idioma nas mais diversas situações.

noryoku livro8626Para todos os níveis, os exames são de três tipos: 1 – Compreensão do idioma, 2 – Compreensão do texto, e 3 – Compreensão auditiva. Os dois primeiros são de múltipla escolha e o último também, mas você ouvirá coletivamente uma gravação de diálogos em japonês antes de responder. Não há, por enquanto, um exame de conversação. O tempo do exame varia de 105 minutos (para N5) a 170 minutos (para N1). Como há intervalos (para ir ao banheiro, tomar água) entre os exames, calcule que você permanecerá durante 3 a 4 horas e meia desde a sua chegada no local. Se você está muito tempo sem estudar, certamente vai achar o tempo curto, pois são muitas e complexas as questões.

Você vai encontrar todas as informações e até simulações de exames para você medir o seu conhecimento antes mesmo de se inscrever. Site em inglês ou japonês.

Para estudar por conta: Há livros à venda nas livrarias da Liberdade em São Paulo. Em geral, esses livros estão divididos pelo nível do exame que vai prestar. Há livros para o N1, para o N2, para o N3, N4 e N5. Várias editoras publicam esses livros, em geral, com provas anteriores resolvidas, e outras explicam detalhadamente as questões. Note que até 2009, o exame era dividido em 4 níveis, e de 2010 em diante passou ao atual formato de 5 níveis. Os livros antigos ainda valem, mas se for adquirir, atente para esse aspecto. Se você não quiser investir num livro, que por sinal é caro (mais de R$ 75,00), poderá lê-lo gratuitamente na biblioteca do Bunkyo, Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, Rua São Joaquim, 381, São Paulo/SP.

  6 Responses to “Preparativos para o Noryoku Shiken – o exame de proficiência em língua japonesa”

  1. Ola, tenho algumas duvidas:
    1 – Se não passar no exame, eles mandam algum email, ou algo que notifique, para pessoa nao ficar tao ansiosa?
    2 – Sabe com quanto a pessoa é aprovada?

    • Você poderá ver a sua nota no site indicado no guia que recebeu no momento da inscrição. Tem uma senha numérica que você deve ter criado na hora da inscrição.

  2. Olá!

    Infelizmente esse exame é algo burocrático que precisamos para provar que “dominamos” o idioma.Porém ser aprovado no N1 não quer dizer que somos os Yoda do NIHONGO.

    Mesmo sendo nativo do português não devo saber nem 1 terço do idioma.

    • Verdade, mas em todo o caso é um parâmetro para medição do domínio do idioma e é aplicado em todos os países. É um critério, mas como você disse, nem sempre mede adequadamente.

  3. olá, gostaria de me inscrever no N5, porque iniciei os estudos a pouco tempo, mas o site este totalmete em japones ou ingles< e tentei e nao consegui me inscrever….. Poderia me ajudar?

  4. Gostaria de saber se há material de gramática avançado.
    Tipo o livro Minna no Nihongo.
    Grata.

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)