jul 082014
 
Tanabata com quimono - foto Laika Ac

Tanabata com quimono – foto Laika Ac

A Associação Brasileira de J-Fashion promove um passeio de pessoas usando quimono (yukata, hakama e outros tipos) pelo bairro da Liberdade, em São Paulo.

A ideia é resgatar o costume de utilizar essa vestimenta nas ruas, principalmente em dias de eventos de cultura japonesa. O quimono existe há muito tempo, mas não deve ser objeto de decoração ou de uso ocasional em apresentações de odori (dança japonesa). Deve ser usado em várias ocasiões, como acontece no Japão. É o que dizem os representantes da J-Fashion.

Podem participar do encontro qualquer pessoa (homem, mulher, criança ou idoso) e não há nenhuma taxa e nem inscrição prévia. Pede-se apenas registrar interesse no facebook da J-Fashion, para os organizadores terem uma ideia do número de participantes.

Os interessados deverão comparecer na frente da Associação Cultural e Assistencial da Liberdade, que fica na Avenida Liberdade, 365, ao lado do Sogo Plaza e da praça da Liberdade (metrô Liberdade), às 10 horas do dia 19 de julho de 2014 (sábado). O grupo dará um giro pela praça da Liberdade e rua Galvão Bueno. Será um simples passeio em grupo que deverá terminar até 12h30.

O 36º Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas terá início às 14 horas, portanto, o encontro dos apreciadores de quimono terminará antes disso. A ideia é evitar o público aglomerado que impossibilita a circulação, pois nesse evento parte da praça da Liberdade é interditada para apresentação de danças típicas. A vantagem é que as ruas estarão desde cedo decoradas com os enfeites de tanabata nos bambus, e poderá render boas fotos. Quem quiser, é claro, poderá continuar na região depois das 14 horas para apreciar o festival.

Uma outra ideia da Associação Brasileira de J-Fashion é conseguir um bom desconto nos restaurantes japoneses para quem estiver trajando um quimono completo. Assim, o restaurante estará contribuindo para incentivar o uso do quimono e ao mesmo tempo estará se beneficiando da beleza típica dos quimonos em seu estabelecimento.

 

fev 242014
 

Esse foi o resultado de dois anos de colaboração prévia entre a ABRADEMI (Associação Brasileira de Desenhistas de Mangá e Ilustrações), entidade pioneira dos mangás e animês que completou 30 anos neste mês, e os organizadores do “Harajuku Fashion Party”, evento que reuniu apreciadores do street fashion japonês de várias partes do Brasil em São Paulo nos últimos 2 anos.
Ambos os grupos tinham em comum um histórico de participações em eventos da coletividade nipo-brasileira e de difusão cultural. Em outubro de 2012, realizaram um primeiro evento em conjunto – o Meeting Comemorativo dos 40 Anos da “Rosa de Versalhes: Berusaiyu no Bara” – tema que agregou aspectos comuns de ambos os grupos por se tratar de um mangá de sucesso que influenciou profundamente a cultura moderna do Japão, inclusive a moda alternativa.
O sucesso do Meeting e a crescente procura de informação sobre moda japonesa foram os fatores positivos que levaram à iniciativa de criação de uma Associação J-Fashion no Brasil. No processo de amadurecimento da iniciativa verificou-se também a necessidade de educar o público em geral a respeito do assunto, visto que grandes diferenças culturais referentes a estética e comportamento que existem entre Brasil e Japão ainda geram atitudes de preconceito e desrespeito. Relatos de bullying sofrido por jovens apreciadores do street fashion japonês se tornaram mais frequentes, surgindo daí a necessidade de uma entidade que, além do caráter cultural, tivesse caráter social, para apoiar os jovens e combater a violência que infelizmente cresce no país.
Finalmente, no dia 10 de fevereiro de 2014, foi realizada a Assembléia de Fundação da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE J-FASHION, a primeira entidade do gênero no mundo, legalmente registrada perante o 3º RTD de São Paulo.

nov 112013
 

Aconteceu na Associação Brasileira de J-Fashion em AGOSTO/2014

Dia 13: Expo Coréia no WTC-SP
A convite da Kotra, membros da Associação J-Fashion e da ABRADEMI estiveram na abertura da Expo Coréia no World Trade Center em São Paulo. Assim como o Japão, a Coréia do Sul também está fazendo esforços de divulgação e exportação de sua cultura pop em feiras de negócios. Empresas do setor automotivo, aparelhos eletrônicos, quadrinhos (mangá coreano), games, moda, alimentação e cosméticos participaram do evento com seus produtos. O grupo de K-Pop (boys band) VIXX recebeu diante das fãs brasileiras que lotaram a plateia do evento o título de Embaixador Honorário da Korea Expo 2014.

Dia 23: Tosa Matsuri no Parque da Água Branca
A convite da organização do Tosa Matsuri, que em seu 3º ano já se consagra como um dos grandes eventos oficiais de cultura japonesa em São Paulo, a Cristiane Sato fez um Kawaii Picnic – algo muito comum no Japão, mas praticamente inexistente no Brasil. Uma das propostas do Tosa Matsuri é de, na época do evento, ocupar o parque com o estilo de vida exterior japonês e neste ano, além do piquenique, houve o desfile de taikos. A cantora japonesa Kayoko Honda veio ao piquenique tomar um café com torta de ricota e não parou de falar em português do quanto ela estava amando o Brasil. Agradecimentos ao Augusto Takeda e ao Noriyuki!

Dia 30: Reprise da Oficina Como Fazer Kawaii Bentô
Como as vagas da primeira oficina se esgotaram em julho, o chef Cláudio topou realizar mais uma aula e as 48 vagas se esgotaram mais de um mês antes do evento. Sucesso total!

nov 112013
 

Aconteceu na Associação Brasileira de J-Fashion em JULHO/2014

Dia 19 (manhã): 1º Kimono Walk na Liberdade
A idéia de fazer um passeio usando quimonos surgiu durante o Workshop de Yukata em maio, aproveitando a festa do Tanabata Matsuri. Afinal, há vários anos as pessoas que vão ao festival não usam mais quimonos, excetuando as que vão fazer alguma apresentação de dança ou no palco. Como a Associação J-Fashion também preconiza o resgate do quimono de moda no Brasil, um pequeno grupo de simpatizantes da moda tradicional se reuniu na parte da manhã da Praça da Liberdade apenas com a intenção de dar uma volta para ver a decoração e as barracas. Mas o grupo com quimonos sem querer virou atração; centenas de pessoas cercaram o grupo para tirar fotos por mais de uma hora. Na hora do almoço o grupo se reuniu no Espaço Kazu onde foi extremamente bem recebido pelo gerente e pelo staff da casa. Agradecimentos a todos que participaram dessa iniciativa e ao Espaço Kazu.

Dia 19 (tarde): Oficina Como Fazer Kawaii Bentô

Em conjunto com a ABRADEMI (Assoc. Bras de Desenhistas de Mangá e Ilustrações) a Assoc. J-Fashion realizou a oficina de Como Fazer Kawaii Bentô, ministrada pelo chef Cláudio Kitamura (chef de criação de receitas da Sakura e dono do Buffet Pimenta Real, especializado em catering oriental). A idéia da oficina é não apenas dar dicas básicas de como fazer um lanche oriental com apresentação artística infantil, mas apresentar a estética kawaii como um estilo de vida, que é o que de fato ocorre no Japão. Sendo uma iniciativa inédita no Brasil, o interesse pela oficina surpreendeu a todos, inclusive pela participação de crianças. Fotos tiradas por Roberto Kakazu, disponíveis no site.

nov 112013
 

Aconteceu na Associação Brasileira de J-Fashion em JUNHO/2014

Dia 8: Reprise da Palestra Introdução à Moda Japonesa

Num domingo, no meio de uma greve de transportes e manifestações, foi realizada a reprise da palestra Introdução à Moda Japonesa pela Cristiane A. Sato. A vinda de 20 participantes num dia com tantas dificuldades foi uma surpresa extremamente positiva e o coffee break virou uma intensa troca de informações e ideias.

Dia 19: Encontro no Fran’s Café Avenida Paulista

Dia frio, de jogo da Copa em São Paulo, os membros da Associação se reuniram para avaliar os primeiros meses de atividade e as mudanças que estão ocorrendo com a economia no Brasil. Também foi a oportunidade para dizer “até logo” para a associada Júlia Sakai, que vai passar um mês em Nova York fazendo um curso de moda. Foi uma tarde produtiva: o café estava cheio de torcedores da Inglaterra que não tiveram muito ânimo para comemorar. Deu dó.

nov 112013
 

Aconteceu na Associação Brasileira de J-Fashion em MAIO/2014

jfashion2Dia 04: Meeting no Café Flores na Varanda
Organizado pela Yui Lohan (Vice-presidente da Associação), foto ao lado, foi um encontro agradável para conhecer o Flores na Varanda, um simpático café romântico-bucólico na Lapa. Participaram amigos da comunidade do Face e os membros da J-Fashion.

Dia 11: Workshop Como Fazer o Yukata Japonês

Com a iniciativa de se resgatar o know-how de como fazer um quimono tradicional à mão, a Associação J-Fashion fez pela primeira vez o workshop de Yukata (quimono de passeio de algodão típico do verão). O workshop, ministrado pela profa. Ryuka Hanayagi, foi precedido de uma palestra cheia de ilustrações e exemplos de como montar estilos e vestir o Yukata dada por Cristiane A. Sato (Presidente da Associação). No final da aula a profa. Ryuka deu uma rápida demonstração de como vestir corretamente o quimono em vários estilos com a participação de alunas. Fotos do workshop, tiradas por Roberto Kakazu, estão disponíveis no site.

nov 012013
 

* Palestra: Introdução à Moda Japonesa

DSCN3079xxxMarcando o início da programação de cursos da Associação Brasileira de J-Fashion, foi realizada no dia 09 a palestra INTRODUÇÃO À MODA JAPONESA em parceria com a Abrademi (Ass. Bras. de Desenhistas de Mangá e Ilustrações) e a Ass. Mie Kenjin do Brasil.
Em INTRODUÇÃO À MODA JAPONESA, Cristiane A. Sato explicou de forma didática a complexa cultura de moda do Japão, caracterizada pela existência de 3 mundos que ora se opõem e ora se complementam: o wafuku (moda oriental, quimonos), o yõfuku (moda ocidental) e a moda alternativa (conceitual e street fashion), que recebe influência tanto dos estilos japoneses tradicionais como dos estilos ocidentais.
A palestra foi planejada para um público pequeno devido à especificidade do tema e do curto tempo de divulgação, mas atraiu o dobro do público previsto. A sala ficou lotada mas a equipe de apoio agiu rápido para atender a todos.
Após a palestra muitos dos presentes permaneceram se confraternizando até as 22h, horário limite de funcionamento do local. Agradecemos a todos que vieram e ao pessoal de apoio, que tornaram este primeiro encontro da Associação com o público um sucesso!

Devido ao grande sucesso e atendendo a pedidos, a Abrademi vai repetir a palestra no dia 8/junho/2014: Veja em abrademi.com

* Reunião Conjunta da J-Fashion BR com a ABRADEMI

No dia 15 ocorreu uma reunião conjunta da Ass. Bras. de J-Fashion com a Abrademi – Ass. Bras. de Desenhistas de Mangá e Ilustrações. Os principais ítens da pauta foram a avaliação da palestra do dia 09 e a organização de uma festa conjunta.
Trata-se de uma Dupla Celebração: 30 Anos da ABRADEMI e a Criação da J-Fashion BR
Originalmente criada para congregar os então poucos conhecedores da arte do mangá e divulgar o estilo dos quadrinhos japoneses no Brasil a ABRADEMI foi a pioneira no gênero. Sua existência permitiu o boom dos mangás e animês no país, trazendo o cosplay ao Brasil e organizando as primeiras grandes convenções que se tornaram comuns pelo país. Ao longo de 30 anos muitos grupos foram criados e desapareceram, mas a ABRADEMI não só permaneceu como até hoje dá apoio a iniciativas jovens que unam a cultura japonesa tradicional ao pop. A mais recente dessas iniciativas é a Associação Brasileira de J-Fashion.

* Palestra + Mini Desfile “Tokyo Fashion Festa 2014 – Brasilicious!”

Promovido pela Fundação Japão e pela FASM (Faculdade Santa Marcelina) em São Paulo, ocorreu no dia 27 no auditório da FASM o evento “Tokyo Fashion Festa 2014”. Trata-se da 2a. visita que o promotor Nichi Kashihara faz ao Brasil (a primeira foi em 2011), levando a vários países sua palestra sobre as tendências que surgiram no Street Fashion japonês nos últimos 20 anos e mostrando criações de novos estilistas japoneses. Nesta edição o evento mostrou peças das grifes Dress and Tights (especializada em vestidos e meias decoradas estilo kawaii), Motonari Ono (estilo kawaii chic, mais adulto), Neb aaran do (vestidos inspirados em seifuku, uniformes escolares estilo marinheiro) e Yukihero Pro Wrestling (roupas esportivas inspiradas na luta livre mexicana). O desfile causou várias reações da platéia, que variaram da admiração ao desprezo, do espanto ao riso, mas que terminaram com aplausos. “O mais importante é que todos saíram felizes, as pessoas não ficaram indiferentes”, comentou depois Kashihara sobre sua percepção do evento.
O “Tokyo Fashion Festa 2014” foi divulgado pela J-Fashion BR e 14 membros de nossa Associação conseguiram ir ao evento, apesar das dificuldades do dia (5a. feira à noite, local distante de metrô e houve manifestação contra a Copa na Av. Paulista).

* Encontro da J-Fashion BR com Nichi Kashihara

A J-Fashion BR teve uma reunião com Nichi Kashihara, promotor do “Tokyo Fashion Festa 2014”, no dia 28, na sede da Fundação Japão em São Paulo. Participaram do encontro Cristiane A. Sato, presidente, e Yui Aline Barros, vice-presidente da Ass. Bras. de J-Fashion. No encontro houve uma troca de informações sobre o meio da moda alternativa em Nova York e no Brasil, sobre a percepção da moda japonesa pelo público ocidental e sobre possíveis impactos que a economia e fatores sociais podem exercer sobre o mercado da moda nos EUA, Japão e Brasil.
A Associação Brasileira de J-Fashion agradece à Fundação Japão pelo convite, e pela oportunidade de conhecer o Sr. Kashihara e seu trabalho de divulgação do Street Fashion japonês.