out 112016
 
yukata-kitagawa-975_nSinta-se linda e naturalmente elegante com um YUKATA. O Workshop é para ensinar mulheres para se vestirem sozinhas, como as japonesas fazem. Além de segredinhos de beleza e elegância à japonesa, dicas de etiqueta e postura, usos mais “fashionistas” e “sport chic”, e um pouco da cultura do YUKATA será explicada. Dicas de como fazer seu próprio YUKATA e acessórios.
YUKATA é o quimono de algodão estampado usado no verão especialmente em passeios e festivais. No Japão é sinônimo de feminilidade e de elegância informal e natural.
O workshop: “Como se Vestir um Yukata” será realizado no dia 06 de novembro de 2016, na sede da Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil (Avenida Lins de Vasconcelos, 3352 – saída do metrô Vila Mariana, São Paulo), das 9 às 12 horas.
Obs. Após o workshop, que termina às 12 horas, quem quiser poderá participar de um passeio de metrô até a Avenida Paulista para experimentar o Yukata, se o tempo permitir.
Esta oficina é exclusiva para mulheres.yukata-kitagawa-61_n
Material necessário:

– Tendo seu próprio YUKATA, verifique se tem também os acessórios (check-list abaixo):
–  Yukata
– Faixa principal da cintura (obi)
– Placa para faixa principal (obi ita)
– 2 faixas simples de amarrar (himos) OU elásticos c/ clipes de fecho (kõrin belts)
– sandália (calçado ocidental), chinelos de dedo tipo havaianas ou a sandália de madeira (getá).
– flor para decorar o cabelo (opcional)

yukata-kitagawa-41_nRoupa de Baixo (venha vestindo por baixo, uma das opções)
  a – Bermuda ciclista OU legging + Camiseta branca (tipo regata sem mangas OU com mangas e decote “V”)
  b – Saiote + Camiseta branca (tipo regata sem mangas OU com mangas e decote “V”)
  c – roupa de baixo apropriada para Yukata, se tiver
Além da sua própria maquiagem (por questões de higiene e saúde, não recomendamos compartilhar maquiagem) e material para pentear o cabelo.
Taxas de inscrição: R$ 35,00 para quem trouxer o próprio YUKATA
                                   R$ 60,00* para quem NÃO tem o próprio YUKATA
obs. *Será emprestado YUKATA para workshop (limitado a 5 vagas)
Inscreva-se já pelo Sympla

Professora: Cristiane A. Sato, Formada em Direito pela Universidade de São Paulo, publica artigos sobre cultura popular e história japonesa em jornais e revistas desde 1993. Autora do livro “Japop – O Poder da Cultura Pop Japonesa” (2007), atualmente prepara um livro sobre moda japonesa. Ministrou palestras em eventos no Centro Cultural Itaú, Sesi, Sesc, Senac, USP, Fundação Japão, Embaixada e Consulado Geral do Japão, entre outros. Foi bolsista da JICA na Universidade de Kanazawa, onde participou de cursos e oficinas sobre tecidos, confecção e uso do quimono, técnicas de arte tradicional, etc.
ago 072014
 
orquidea 91 expo

©Alias 0591

Nos dias 29, 30 e 31 de agosto de 2014, será realizada a 91ª Exposição de Orquídeas, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, em São Paulo, no horário das 9 às 19 horas. A promoção é da Associação Orquidófila de São Paulo – AOSP e costuma atrair muitos apreciadores dessas plantas. Haverá aulas gratuitas de cultivo às 10h, 14h e 16h.

A AOSP foi fundada por imigrantes japoneses em 1967 no bairro da Aclimação, em São Paulo. No início, as orquídeas eram colhidas nas matas, fato hoje impensável. Aos poucos, essa prática foi dando espaço à conscientização sobre a conservação do meio ambiente e seus recursos e hoje não existe mais entre orquidófilos. Hoje, a AOSP promove anualmente a reposição de orquídeas em seu habitat. Todos os anos, no mês de outubro, sócios da AOSP e suas famílias partem em excursão para uma região da Mata Atlântica e fazem o replante de plantas nativas, simbolizando a devolução do que foi retirado no passado. A AOSP promove, a exposição de orquídeas duas vezes por ano.

91ª Exposição de Orquídeas – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social
Dias 29/31 de agosto de 2014 – 9 às 19 horas. A entrada é franca.
Rua São Joaquim, 381 – Bairro da Liberdade – São Paulo. Próximo ao metrô São Joaquim. Há estacionamento terceirizado e pago (File Park) no próprio prédio, com entrada pela Rua Galvão Bueno 540.
jul 232014
 

No dia 19 de julho de 2014, foi realizado o primeiro encontro de pessoas vestidas com quimono que se tem notícia no Brasil. Foi uma iniciativa da Associação Brasileira de J-Fashion para incentivar as pessoas a usarem o quimono constantemente, como acontece no Japão. Como faz parte da moda japonesa, o quimono tem vários estilos e está sempre evoluindo, como se pôde ver neste primeiro encontro ou passeio, também chamado de Kimono Walk, quando foram vistos quimonos e yukatas tradicionais, quimonos não tão tradicionais, hakama, e um moderno quimono jovem.

Apesar do pequeno número de participantes, foi surpreendente a recepção calorosa do público que se amontoou para tirar fotos. Eventos como o Tanabata Matsuri da Liberdade precisam receber mais pessoas usando quimono, pois tem tudo a ver com os festivais do Japão. “Vamos ver se conseguimos levar mais pessoas no próximo encontro”, resumiu a presidente da J-Fashion, Cristiane A. Sato, no final do passeio que terminou no café do Espaço Kazu.

Veja as fotos dos belos quimonos que coloriram as ruas enfeitadas da Liberdade no 36º Tanabata Matsuri de 2014. Fotos de Roberto Kakazu

set 262013
 

daiso com fila1855A loja Daiso Japan, que tem sua única loja no Brasil, na Rua Direita, 247, no centro antigo da cidade de São Paulo, anunciou que irá aumentar seus preços de R$ 5,99 para R$ 6,90. O reajuste se deve ao aumento dos custos como impostos e a alta do dólar, e deverá ser aplicado a partir do dia 30 de setembro de 2013.
Quanto a sua segunda loja, que estão montando no Shopping Tucuruvi, deverá ser inaugurada em outubro deste ano.
Veja alguns produtos da Daiso Japan, onde todos os itens possuem um preço único. Daiso Produtos. Recentemente, noticiamos a venda de “naruko”, instrumento utilizado na dança yosakoi soran, naquela loja. Daiso Naruko.

abr 242013
 

No dia 5 de maio de 2013, a partir das 9 horas, será realizado o Bazar Beneficente do departamento feminino do Templo Busshinji (Comunidade Budista Soto Zenshu), na Rua São Joaquim, 285, metrô São Joaquim, Liberdade.
Além de artesanato, artigos para presentes e uma variedade de produtos, o Bazar conta com a área de alimentação, que terá sekihan (arroz de moti com azuki), gomoku okowa, tsukemono, nishime, pastel e espetinho. Haverá também venda de moti fresco, por R$ 9,00 o saquinho de 500 gramas.
Dentre as atividades do departamento feminino do templo existem as aulas de culinária, que ocorrem uma vez por mês. Maiores informações: 11 3208-4515. Visite o site.

mar 052013
 

Hinamatsuri Hinaningyo

O departamento feminino da Associação Okayama Kenjin realizará, no dia 10 de março de 2013, a partir das 11 horas, o Hinamatsuri, em sua sede social, à Rua da Glória, 734, Liberdade, São Paulo. Uma bela plataforma de sete andares apresentam o “hinaningyo”, bonecas da família imperial, e serão servidos o “sen chá”, chá verde, e doces japoneses, confeccionados pela Associação Sencha-do Seifuryu. Haverá oficinas de origami e kiriê, e poderá experimentar a sensação de vestir um yukata (quimono de verão) e tirar fotos se quiser.

No salão do subsolo, haverá a área de alimentos típicos, com chirashi sushi, sekihan e zenzai sendo vendidos a R$ 10,00. O evento, realizado desde 1988, é recomendado para crianças, meninos ou meninas.

O que é: O Hinamatsuri simboliza o Dia das Meninas, que por ser realizado na época em que desabrocham flores de pessegueiros, é também conhecido como o Festival do Pêssego (Momo no Sekku). A celebração tem esse formato desde o século XIX. A característica do Hinamatsuri são as bonecas tradicionais.
Plataformas dispostas em forma de uma escada são cobertas com um tecido vermelho. Nessas plataformas são colocadas as pequenas bonecas que representam o imperador, a imperatriz, senhoras da corte e músicos, todos com as mais finas vestimentas da corte do passado. Um jogo completo terá cerca de 15 bonecas, além de objetos de decoração, uma laranjeira e uma cerejeira, um espelho, instrumentos musicais, utensílios de mesa e equipamentos utilizados na corte.
As bonecas muitas vezes são presenteadas pela família da mãe da menina, quando esta vai realizar o seu primeiro Hinamatsuri.
No dia 3 de março, no Japão, a menina convida seus amiguinhos para um chá na frente das bonecas, ocasião em que ela oferece aos convidados o hishimochi (um bolinho doce de arroz com formato de diamante), e o sakê sem álcool. Sendo a anfitriã, a menina poderá cantar uma música antiga para entreter seus amigos. Apesar de ser composto por belíssimas peças, as bonecas do Hinamatsuri só ficam expostas durante no máximo duas semanas. Depois, segundo a tradição, devem ser cuidadosamente empacotadas e guardadas, caso contrário, diz-se que as garotas da casa demorarão para se casar. Mais informações sobre a história do Hinamatsuri, veja aqui

mar 042013
 

No dia 16 de março, sábado, o Aoba Matsuri será realizado na sede da Associação Miyagui Kenjin, na rua Fagundes, 152, Liberdade, São Paulo.
Trata-se de um pequeno festival realizado várias vezes por ano, sempre no mesmo lugar. No Japão, Aoba Matsuri, ou “festival de folhas verdes”, é um evento anual típico da província de Miyagui, que homenageia o samurai Masamune Date, herói local, em grande estilo. Aqui no Brasil, o evento é “in door”, ocupa um espaço pequeno e nada tem a ver com o Aoba japonês. Mesmo assim, vale dar uma olhada e experimentar o “sanmayaki teishoku” (sanma é um peixe típico japonês – parecido com sardinha), ika poppo teishoku (ika é lula), harako meshi (arroz com salmão e ovas), sauce yakissoba, alimentos derivados de moti (bolinhos de arroz). A parte da alimentação fica no último andar (terraço) da Associação.
Haverá venda de verduras frescas, doces e conservas das senhoras da Adesc, Associação das Senhoras Cooperativistas) e um pequeno bazar, onde um especialista poderá descobrir o “mon” brasão da sua família e transformá-lo num quadro, e comprar fitas de video e livros japoneses usados. Há vários estacionamentos nessa rua.

fev 212013
 

Sukiyaki Western Django

A partir de hoje, 20 de fevereiro, até o dia 17 de março, os fãs de Quentin Tarantino podem assistir seus filmes no CCBB e no Cinusp, na mostra que tem o apoio da Fundação Japão e que recebeu o nome de “Mondo Tarantino”. “Pulp Fiction”, “Cães de Aluguel” , “Kill Bill 1 e 2″ e “Bastardos Inglórios” estão entre seus filmes exibidos.
A mostra também apresenta produções que de alguma forma influenciaram Tarantino, como “O Grande Golpe”, de Stanley Kubrick e “Taxi Driver”, de Martin Scorsese, e filmes nos quais o diretor participa como ator integram a mostra, incluindo “Um Drinque no Inferno” (1996), de Robert Rodriguez, e “Sin City – A Cidade do Pecado”, que co-dirigiu com Robert Rodriguez e Frank Miller.
Para os fãs de filmes japoneses, entretanto, o destaque fica para o filme “Sukiyaki Western Django”, de 2007. A história é simples: dois tradicionais clãs disputam um tesouro escondido numa pequena cidade, quando surge o pistoleiro Django, disposto a ajudar o lado que pagar mais. Direção de Takeshi Miike, e Quentin Tarantino aparece no papel do pistoleiro Ringo. O Outro destaque é o premiado “Sonatine”, do diretor Takeshi Kitano, sobre yakuza, filmado em 1993.

Sonatine Takeshi Kitano

“Sukiyaki Western Django” será exibido no CCBB nos dias: 1º/março – 20 horas e no dia 3/março – 17h30. “Sonatine”, ou “Adrenalina Máxima” (título brasileiro do mesmo filme), será exibido hoje, dia 20/fevereiro – 17h30 e no dia 23/fevereiro – 13 horas, no CCBB.

Todos os filmes da mostra serão exibidos também no CINUSP, na Cidade Universitária de São Paulo, mas até o momento, a entidade não divulgou sua programação.

CCBB São Paulo – 20 de fevereiro a 17 de março de 2013
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – São Paulo – 70 lugares – Tel: 11-3113-3651 / 11-3113-3652 – www.bb.com.br/cultura

CINUSP Paulo Emílio – 25 de fevereiro a 15 de março
Rua do Anfiteatro, 18 – Colmeia, Favo 04 – Cidade Universitária – SP – 100 lugares – fone: 11-3091-3540 – www.usp.br/cinusp

fev 182013
 

No dia 10 de março de 2013, entre 11 e 16 horas, será realizada a Hiroshima Fest, na sede do Centro Cultural Hiroshima, na Rua Tamandaré, 800, na Liberdade, em São Paulo. Essa rua fica entre as estações de metrô São Joaquim e Vergueiro, não é difícil estacionar na região e no local há estacionamento pago. A entrada é franca e a grande atração é o Okonomiyaki, prato tradicional da província de Hiroshima. O grupo teatral Kagura, embora seja organizador da festa, não se apresentará nesse dia. Para acompanhar as atividades do grupo Kagura, acompanhe no facebook

Hiroshima Fest na Liberdade

fev 112013
 

A Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (Bunkyo) faz exibição de filmes japoneses às quartas-feiras. (veja aqui a programação de março/2013)

Cinema bunkyo - Kiru

Kiru

Dia 13 – Kiru (Cortar) – Um clássico do cinema de samurai, de 1968, com Tatsuya Nakadai sob a direção de Kihachi Okamoto. Assista ao trailer do filme aqui.

Jinsei Gekijo

Dia 20 – Jinsei Gekijo – Seishun Aiyoku Zankyohen (Teatro da Vida) – Filme sobre yakuzá baseado no romance de Kozo Ozaki, de 1973, com Hideki Takahashi e direção de Tai Kato. De 1936 a 1986 foram feitas várias versões desse filme. Assista ao trailer da versão de 1968 aqui.

Dia 23 – Iwashigumo (Nuvem de Verão) – Um jovem e uma viúva administram uma fazenda. Filme de 1958, com Chikage Awashima e direção de Mikio Naruse.

As exibições começam às 13 horas. No dia 20/2 a exibição será no salão grande, e nos demais dias no salão pequeno.O ingresso custa R$ 5,00 para os não associados do Bunkyo. Tel. 11 3208-1755 – Endereço: Rua São Joaquim, 381 (metrô São Joaquim) – Bairro Liberdade – São Paulo/SP