dez 292012
 

O Ano Novo é comemorado no dia primeiro de janeiro desde 1873, quando o país passou a adotar o calendário gregoriano (antes utilizava o calendário chinês). Considera-se a virada do ano um fato importante. Budistas vão a templos ouvir as 108 badaladas do sino, na passagem do ano. Outros vão a colinas ou templos ver o primeiro nascer do Sol (初日の出 – hatsuhinode) .
Para dirigir cumprimentos nos últimos dias do ano, é comum dizer 良い年を迎えてください”yoi toshi wo mukaete kudasai”, que pode ser traduzido como “espero que receba um bom Ano Novo”.
No primeiro dia do ano é apropriado dizer あけましておめでとうございます “akemashite omedetou gozaimasu”, ou seja “felicidades pelo ano que acabou de começar”. Nos dias seguintes, até o final de janeiro, é comum dizer 新年おめでとうございます “shinnen omedetou gozaimasu”, que pode ser traduzido como “Feliz Ano Novo”.

Após essa saudação, é interessante dizer outra frase: 今年もよろしくお願いします”kotoshimo yoroshiku onegaishimasu”, que significa literalmente “espero contar com a sua colaboração neste ano também”. Claro, essa última frase só vale quando essas pessoas se conhecem.

Veja outras frases úteis.

dez 292012
 

A Associação Nipo-Catarinense está com as inscrições abertas para o Curso de Verão de Língua Japonesa/2013, com previsão de início para 07 Janeiro de 2013 e 21 de Janeiro de 2013. As turmas serão abertas conforme o número de interessados, lembrando que cada turma deve ter no mínimo 3 alunos.
A mesma entidade possui Curso Regular, cujas aulas iniciam em março. A Associação Nipo-Catarinense fica na Avenida Hercílio Luz, 639 – Sala 906, Edifício Alpha Centauri – Centro – 88020-001 Florianópolis – SC – Tel: (48) 3225 8746, e na Rua Cônego Bernardo, 101 – Edifício Meridian Office, sala 201 – Lauro Linhares – Florianópolis – SC
Informações: Associação Nipo-Catarinense

dez 292012
 

Honmachi Minami Garden © Osaka Hikari-Renaissance Executive Committee

Midosuji Smiling Mother © Osaka Hikari-Renaissance Executive Committee

A área central da cidade de Osaka conta com um evento anual de iluminção, o Osaka-Hikari Renaissance, desde 2003. Todo ano, as fachadas dos edifícios e árvores são iluminadas, assim como algumas esculturas luminosas são colocadas em duas áreas da cidade. No bairro de Nakanoshima, o evento terminou no dia 25/12, mas continua na Rua Midosuji, que tem sua extensão de 1,9 km iluminada, no horário das 17 horas até 23 horas. O evento continua até 20 de janeiro de 2013. Maiores informações estão disponíveis em inglês no site próprio. http://www.hikari-renaissance.com/en/index.html

dez 282012
 

No dia 31 de dezembro às 24 horas será realizada a cerimônia de Ano Novo – Jooya no Kanê (badaladas no sino na contagem pela passagem do ano), na Sala do Dharma (principal) do Templo Busshinji (Soto Zenshu), Rua São Joaquim, 285 – Liberdade – Tel. 11 3208-4515 – São Paulo/SP. É uma forma de começar, desde o primeiro minuto, o Ano Novo de forma diferente e marcante.

dez 272012
 

Emás num templo xintoista em Nikko – Tochigi – Foto de Dave Payne – GNU Free

O “emá” é um amuleto geralmente de madeira leve com um desenho de animal representando o respectivo ano. É encontrado em templos xintoistas, onde fica enfileirado, e cada um tem um agradecimento ou pedido escrito no seu verso.
A tradição surgiu muito tempo atrás, quando os agricultores iam ao templo pedir aos deuses uma boa colheita. E quando eram atendidos, no final daquele ano, voltavam ao templo para agradecer, e não raro deixavam uma oferenda, que poderia ser um saco de arroz ou até um cavalo. O problema surgiu quando o clima foi generoso e a colheita foi boa para muitos dos agricultores. Eles compareceram ao templo e muitos foram deixar seus cavalos como doações. Então, o reverendo superior resolveu conversar com os agricultores, explicando-lhes que o templo agradece as generosas ofertas, mas que os animais não teriam utilidade no templo, e que nem havia espaço para todos eles. Era melhor que os agricultores continuassem com os cavalos, que são utilizados na agricultura, e pudessem produzir cada vez mais e melhor, e que os deuses se contentariam apenas com a boa intenção que tiveram. Assim, entendendo o raciocínio do reverendo, os agricultores resolveram pintar o desenho do cavalo num pedaço de madeira e deixar no templo. E essa se tornou a prática mais comum. “Emá” significa literalmente: “desenho de cavalo”.
Só mais tarde, os animais do horóscopo oriental passaram a ser incorporados nas tabuletas do “emá”, e hoje, todos os anos o desenho do animal é trocado. No “emá” de 2013 aparece uma serpente.
Esse “emá” e outros amuletos típicos (como aquele da proteção do motorista ou do parto) podem ser encontrados em São Paulo, no Templo Xintoista do Brasil. Rua Estado de Israel, 76 – (metrô Vila Mariana) Vila Clementino – São Paulo/SP Tel.11 5575-4783. Esse templo tem uma pequena barraca na Feira Oriental da praça da Liberdade, aos sábados, entre 9 e 16 horas, que vende esses amuletos e escreve em shodô (caligrafia a pincel).

Veja também sobre o significado do Ano da Serpente

dez 272012
 

O Hino Nacional do Japão é uma síntese em termos de letra. Baseado no poema curto “waka”, foi escrito no período Heian (794 a 1185) e tem autor desconhecido. Já a música foi composta por volta de 1880, por Yoshihisa Oku e Akimori Hayashi, e sua harmonização foi feita por um alemão, Franz von Eckert, contratado pelo governo.
Kimigayo era o Hino do Império do Japão e embora tenha sido utilizado como Hino Nacional, foi reconhecido oficialmente somente em 1999. (Kimi significa, nos termos usados no período Heian: Imperador)

Kimigayo – Música cifrada

「君が代」の歌詞
君が代は千代に八千代に
さざれ石の巌となりて
苔の生すまで

Letra do Kimigayo
Ki-mi ga yo wa Chi-yo ni ya-chi-yo ni
Sa-za-re ish-i no I wa-o to na-ri-te,
Ko-ke, no mu su ma de

A música do Kimigayo no Youtube.

dez 262012
 

A tradicional Feira Oriental da Liberdade acontece normalmente aos sábados e domingos, mas neste finalzinho de ano de 2012, a Feira está funcionando todos os dias, das 9 às 16 horas, como sempre, na Praça da Liberdade.
É uma oportunidade para procurar artesanatos de bambu, tecido, origami, roupa, brinquedo artesanal e pequenas obras de arte. Há também uma barraca do templo xintoísta que faz caligrafia (shodo) com seu nome e vende amuletos típicos japoneses.

No dia 31 de manhã tem o 42º Moti Tsuki Matsuri – Festival dos Bolinhos Abençoados.

dez 262012
 

No dia 25 de dezembro, foi divulgada a ordem de apresentação dos cantores do 63º Kouhaku Utagassen. O show terá como apresentadora geral a Udou Yumiko, que apresenta o programa “Assaichi” da NHK. As cantoras (akagumi) serão apresentadas pela premiada atriz Horitaka Maki, que foi jurada em 2009, enquando os cantores (shirogumi) serão chamados pelo quinteto “Arashi”, que participou como cantores no Kouhaku de 2009 e 2010, e atuam como apresentadores pela 3ª vez consecutiva.

A primeira metade da programação terá as seguintes apresentações:

1) Hamasaki Ayumi – 2012 Special Medley x 2) NYC – NYC Kouhaku Medley
3) SKE 48 – Paleo wa Emerald x 4) Golden Bomber – Onna onnashikute
5) AAA – 777 We can sing a song x 6) Nakashima Mika – Hatsukoi
7) Sandaime – J Soul Brothers – Hanabi x 8) Mizuki Nana – Bright Stream
9) Funky Monkey Babys – Sayonara Dyanaix 10) Fuji Ayako – Wasurenai
11) HY – Ichiban chikakuni x 12) Mizumori Kaori – Hitori Nagara,
13) Naoto Inti Raymi – Brave x 14) Koda Kumi – Go to the top
15) Hosokawa Takashi – Naniwabushidayo Jinseiwa x 16) Kouzai Kaori – Sake no Yado
17) Porno Graffitti – Kageboushi x 18) Nishino Kana – Go for it!
19) Tachi Hiroshi – Arashi wo yobu otoko x 20) Godai Natsuko – Koi zange
21) Mori Shinichi – Fuyu no Riviera x 22) Ayaka – Hajimari no toki

A metade final da programação:

23) Kanjani Eight – Hatsu Kouhaku x 24) Momoiro Clover Z – Momoiro Kouhakuda
25) Tokio – Kibou x 26) Perfume – Spring of life
27) Kobukuro – Kamihikouki x 28) AKB 48 – AKB 48 Kouhaku 2012 SP 2ª parte
29) Go Hiromi – Dangerous (denjyara) x 30) Aiko – Kuchibiru
31) Itsuki Hiroshi – Yoake no Blues x 32) Kyary Pamyu Pamyu – Kouhaku 2012 Medley
33) Tokunaga Hideaki – Ue wo muite arukou x 34) Yuki Saori – Yoake no Scat
35) Saito Kazuyoshi – Yasashiku naritai x 36) Tendo Yoshimi – Soran Matsuribushi
37) Yui – Goodbye days x 38) Hikawa Kiyoshi – Sakura
39) Sakamoto Fuyumi – Yozakura Oshiti x 40) Arashi – New Year’s Eve Medley 2012
41) Miwa Akihiro – Yoitomake no uta x 42) Wada Akiko – Ai, todokimasuka
43) Exile – Rising Sun x 44) Yuki – Prism
45) Fukuyama Masaharu – Beautiful Life x 46) Princess Princess – Diamonds
47) Ishikawa Sayuri – Amagikoe x 48) Kitajima Saburo – Fuusetsu Nagaretabi
49) Ikimonogakari – Kaze ga fuiteiru x 50) Smap – Smap 2012

Mais sobre o 63º Kouhaku Utagassen da TV NHK aqui.

dez 262012
 

Segundo o horóscopo chinês, Serpente simboliza ambição e sabedoria. Quem nasceu no Ano da Serpente é frio e calmo, não tem pressa, e espera a hora certa para atacar com velocidade e precisão, assumindo o controle num piscar de olhos. É chamado de estrategista entre os signos, não gosta de revelar como faz as coisas ou como toma decisão, e não é de sua natureza ser aberto ou franco. Não se interessa por invenções ou novos métodos de fazer as coisas, nem se ajusta às mudanças em seu ambiente. Socialmente, pode ser espirituoso, bem-humorado e muito fascinante.
Personalidades que nasceram no Ano da Serpente: John F. Kennedy, Mahatma Gandhi, Abraham Lincoln, Pablo Picasso, Greta Garbo e Jacqueline Onassis. (fonte: Astrologia Chinesa e os Relacionamentos – Theodora Lau, Nova Era)

Quem nasceu no Ano da Serpente? Pessoas que nasceram nos anos 1905, 1917, 1929, 1941, 1953, 1965, 1977, 1989, 2001 e 2013. No Japão, considera-se o ano inteiro, começando no dia 1º de janeiro, mas na China, o ano pode começar em dias diferentes, seguindo seu calendário. Por exemplo, o Ano da Serpente de 1965, começou no dia 2 de fevereiro de 1965 e terminou no dia 20 de janeiro de 1966. Por isso, os chineses fazem comemoração do Ano Novo numa data diferente do nosso calendário.

dez 242012
 

Busca no Memorial do Imigrante

Projeto Ashiato

Passados 104 anos desde o início da imigração japonesa no Brasil, muitas famílias querem saber como o seu avô ou bisavô chegou ao Brasil, e quem veio com ele. Para facilitar essa busca, duas entidades possibilitam a localização gratuita desses dados. Será preciso fazer a pesquisa de várias maneiras e ter paciência, pois ambos os mecanismos são falhos.
O Memorial do Imigrante, que fica no bairro do Bras, em São Paulo, é onde ficavam os imigrantes que desembarcavam no Porto de Santos, os quais, depois de passarem por exame médico, aguardavam o trem que os levariam para as respectivas fazendas. Permaneciam por vários dias no local, junto com imigrantes de outras etnias. Aqui eram feitos os registros de todos os imigrantes.
O site do Memorial permite que você localize o imigrante pelo nome, sobrenome, ano de chegada e/ou o nome do navio. Como há falhas na digitação na conversão do documento manuscrito, é preferível tentar apenas com um desses dados. Mas a grande falha desse banco de dados é a completa ausência de imigrantes que chegaram entre os anos de 1931 a 1935, justamente o período anterior à 2ª Guerra, em que vieram mais estrangeiros ao Brasil.
O outro site é do “Ashiato“, um grande e árduo trabalho de levantamento de dados feito para a comemoração do Centenário da Imigração Japonesa, em 2008. Aqui, como é óbvio, só existem dados de japoneses, e permite-se pesquisar em idioma japonês também. Ao encontrar o nome do imigrante, com um clique no nome dele pode-se encontrar outros dados, como a grafia em japonês do nome e sobrenome, outras pessoas que vieram nesse grupo, e para onde foram primeiro (ou disseram que iam).

A base de dados é o mesmo livro da chegada dos imigrantes, mas a interpretação da grafia pode não ser igual. Na dúvida, o site do Memorial oferece o documento original (página do livro) em PDF. Lembre-se que o sobrenome pode ter a grafia mudada (ex: Uyemura para Uemura), e pessoas que vieram como filho adotivo numa família.

A história da imigração japonesa no Brasil, fotos e os endereços dos museus de imigração japonesa estão no www.imigracaojaponesa.com.br