maio 132017
 

Durante 2017 será realizado um curso completo de História do Japão, com aulas uma vez por mês, aos domingos, em São Paulo. A iniciativa é da Abrademi em conjunto com a Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil.

O objetivo é facilitar a compreensão da cultura japonesa através de explicações sobre o passado do Japão. O público alvo são as pessoas que apreciam ou têm curiosidade sobre o Japão, e aqueles que pretendem visitar o país no futuro, seja como turista, a negócios ou como estudante, para que tenham maior proveito da oportunidade à partir do conhecimento de sua história. No final de cada aula haverá um tempo para perguntas dos participantes.

O curso é gratuito e realizado na Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil, na Av. Lins de Vasconcelos, 3352, Vila Mariana (na saída da Estação Vila Mariana), São Paulo.

As aulas são as seguintes:
Dia 26/03/2017 – História do Japão 1 – Desde a ocupação do arquipélago japonês períodos Jomon, Yayoi e Kofun. Realizado.
Dia 30/04/2017 – História do Japão 2 – Períodos Asuka e Nara, origem mitológica do Japão. Realizado
Dia 21/05/2017 – História do Japão 3 – Período Heian
Dia 25/06/2017 – História do Japão 4 – Períodos Kamakura e Muromachi
Dia 13/08/2017 – História do Japão 5 – Período Sengoku (Guerra Civil e chegada dos portugueses)
Dia 24/09/2017 – História do Japão 6 – Período Edo (isolamento do Japão)
Dia 29/10/2017 – História do Japão 7 – Períodos Meiji (modernização) e Taisho
Dia 26/11/2017 – História do Japão 8 – Período Showa até a Segunda Guerra
Dia 10/12/2017 – História do Japão 9 – Pós-Guerra e a Era Heisei
Horário: sempre das 9 às 12 horas. As inscrições são realizadas por aula. Não é necessário ter assistido a anterior. Reserve sua vaga (grátis) no Sympla. Inscrição para o dia 21/05/2017:

Os professores são:
– Cristiane A. Sato, formada em Direito pela USP, autora do livro JAPOP – O Poder da Cultura Pop Japonesa e presidente da Associação Brasileira de J-Fashion, palestrante em universidades, entidades, embaixada e consulado geral do Japão, foi bolsista da JICA em 2016, na Universidade de Kanazawa.
– Francisco Noriyuki Sato, formado em Jornalismo pela USP, autor dos livros História do Japão em Mangá, Banzai – História da Imigração Japonesa no Brasil, entre outros, e é presidente da Abrademi e editor do site culturajaponesa.com.br. Foi também bolsista da JICA, em 2014, e ministrou palestras em universidades e museus do Japão em 2016.

Apoio:                                                                                    Colaboração:

maio 102017
 
Do dia 20 a 28 de maio de 2017, os apreciadores da cultura japonesa poderão experimentar uma movimentada imersão realizada em duas localidades: o Pavilhão Japonês, no Parque Ibirapuera, e o Bunkyo, no bairro Liberdade em São Paulo. Serão dois finais de semana se estendendo por uma semana contínua de atividades orientadas por praticantes e especialistas de diversas artes japonesas. No Bunka Matsuri – A Festa da Cultura Japonesa o público poderá conhecer e vivenciar, entre outras atividades, a cerimônia do chá, exposição de ikebana, praça de alimentação de comida típica, oficinas culturais com especialistas da arte japonesa, visitas ao Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, show de música e dança folclórica japonesa. 
Veja a programação variada para família e todas as idades!
DIA 20 DE MAIO – SÁBADO – No Pavilhão Japonês
10h às 17h – Aberto para visitação
10h e 14h – Oficina como Vestir Yukata – Sessão de Fotos
11h e 15h – Iki Iki Taissô (Ginástica)
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Bonsai
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Artes Plásticas
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Origami
 
DIA 21 DE MAIO – DOMINGO – No Pavilhão Japonês
10h às 17h – Aberto para visitação
11h e 15h – Iki Iki Taissô (Ginástica)
11h, 12h, 13h, 14h- Cerimônia do Chá
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Bonsai
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Artes Plásticas
10h30 e 13h30 – Oficina de Ikebana
 
DIA 22 DE MAIO – SEGUNDA – No Pavilhão Japonês
10h às 17h – Aberto para visitação
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Artes Plásticas
10h30, 13h00, 14h30 – Oficina de Ikebana
 
DIA 23 DE MAIO – TERÇA – No Pavilhão Japonês
10h às 17h – Aberto para visitação
10h30, 13h00, 14h30 – Oficina de Oshibana
10h30, 13h00, 14h30 – Oficina de Cerâmica
 
DIA 24 DE MAIO – QUARTA – No Pavilhão Japonês
10h às 17h – Aberto para visitação
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Bonsai
10h30, 13h00, 14h30 – Poesia, Haicai e Nome em japonês
 
DIA 24 DE MAIO -QUARTA – No Bunkyo Liberdade
19h30 – Desfile de Quimono e Jantar com o Chef Shin Koike (adesão)
 
DIA 25 DE MAIO – QUINTA – No Pavilhão Japonês
10h às 17h – Aberto para visitação
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Origami
10h30, 13h, 14h30 – Oficina de Kirigami
 
DIA 27 DE MAIO – SÁBADO – No Bunkyo Liberdade
Apresentações artísticas e culturais, exposições, gastronomia, visita ao Museu da Imigração Japonesa, bazar e oficinas (Origami em tecido, Furoshiki, Shodô, Mangá, Origami, Kirigami, Oshibana, Shogui, Go, Soroban, Etiqueta Japonesa, Caminho de Shikoku) e campeonato de Hashi.
 
PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL
10h – Abertura
10h05 – Rizumu Taissô ACAL (Ginástica)                                                      
10h25 – Mika Youtien Taikô                                                        
10h45 – Shizuoka Goju Kan – Karatê                                        
11h05 – Grupo Min – Shamissen                                             
11h20 – Heisei Yosakoi Soran (dança)                                                
11h45 – Cantora Harumi Miyamura                                                        
12h – Cerimônia de Abertura                                                   
13h – RKMD-Ryukyu Koku Matsuri Daikô                             
13h25 – Aikidô Maruyama                                                       
13h55 – Cantor Ricardo Nakase                                                      
14h15 – Hanayagi Ryu Ryutita Kai (Dança)                                             
14h30 – Kyowa e Kodaiko (TAIKO)                                              
14h50 – Hokkaido Yosakoi Soran (Dança)                                            
15h10 – Cantor Joe Hirata                                                                   
15h40 – Iwai Shunen Osaka Naniwa kai (Dança)                                     
15h50 – Teatro da Cerimônia do Chá               
16h15 – Kiendaiko                                                                     
16h40 – Shinsei ACAL Yosakoi Soran                                         
16h55 – Cantor Teddy Shigueyama                   
17h20 – Heisei Street Dance                                       
17h35 – Shinkyo Daiko                                                               
18h00 – Desfile Moderno de Quimono                                        
 
DIA 28 DE MAIO – DOMINGO – No Bunkyo Liberdade
Apresentações artísticas e culturais, exposições, gastronomia, visita ao Museu da Imigração Japonesa, bazar e oficinas (Origami em tecido, Furoshiki, Shodô, Mangá, Origami, Kirigami, Oshibana, Shogui, Go, Soroban, Etiqueta Japonesa, Caminho de Shikoku) e campeonato de Hashi.
 
PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL
10h30 – Cantora Tatiane Kakazu
10h40 – Ryufukikai (Dança)
10h55 – ACAL  Buyou-bu Ikeshiba (Dança)
11h10 – Cantoras Yuri e Yumi Kataoka
11h20 – Shan Shan Kassaodori (Dança)
11h35 – Kyo Fujima Ryu (Dança)
11h50 – RKMD-Ryukyu Koku Matsuri Daikô
12:05 – INTERVALO
13h30 – Requios Gueino Eisa Taikô
13h45 – Cantora Mariane Suzuke
13h55 – Akemi Matsuda e Kawaii Revolution Stars (Show)
14h25 – Hanayagui Ryu Kinryukai (Dança)
14h40 – Kenko Taissô (Ginástica)
14h55 – Cantora Elaine Hara
15h05 – Fujima Ryu Nihon Buyo (Dança)
15h20 – Cantor Sérgio Tanigawa

*Programação Sujeita a Alterações

Onde: Pavilhão Japonês(Parque Ibirapuera — portão 10) – Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº — São Paulo — SP – (em frente ALESP) * próximo ao Museu Afro e ao Planetário.
Bunkyo Liberdade: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa – (Bairro Liberdade) – Rua São Joaquim, 381 — São Paulo — SP – (próx. Metrô São Joaquim) 
abr 202017
 

Um curso completo de História do Japão, com aulas uma vez por mês, aos domingos, em São Paulo. A iniciativa é da Abrademi em conjunto com a Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil.

O objetivo é facilitar a compreensão da cultura japonesa através de explicações sobre o passado do Japão. O público alvo são as pessoas que apreciam ou têm curiosidade sobre o Japão, e aqueles que pretendem visitar o país no futuro, seja como turista, a negócios ou como estudante, para que tenham maior proveito da oportunidade à partir do conhecimento de sua história. No final de cada aula haverá um tempo para perguntas dos participantes.

O curso será gratuito e realizado na Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil, na Av. Lins de Vasconcelos, 3352, Vila Mariana (na saída da Estação Vila Mariana), São Paulo.

As aulas já agendadas são as seguintes:
Dia 26/03/2017 – História do Japão 1 – Desde a ocupação do arquipélago japonês períodos Jomon, Yayoi e Kofun. Realizado.
Dia 30/04/2017 – História do Japão 2 – Períodos Asuka e Nara, origem mitológica do Japão
Dia 21/05/2017 – História do Japão 3 – Período Heian
Dia25/06/2017 – História do Japão 4 – Períodos Kamakura e Muromachi
Agosto – História do Japão 5 – Período Sengoku (Guerra Civil e chegada dos portugueses)
Setembro – História do Japão 6 – Período Edo (isolamento do Japão)
Outubro – História do Japão 7 – Períodos Meiji (modernização) e Taisho
Novembro – História do Japão 8 – Período Showa até a Segunda Guerra
Dezembro – História do Japão 9 – Pós-Guerra e a Era Heisei
Horário: 9 às 12 horas.

As inscrições são realizadas por aula. Essa inscrição refere-se ao dia 30/04/2017, domingo. As aulas são separadas por temas, portanto, mesmo quem não tenha assistido a aula anterior poderá acompanhá-la sem problemas.

Os professores são:
– Cristiane A. Sato, formada em Direito pela USP, autora do livro JAPOP – O Poder da Cultura Pop Japonesa e presidente da Associação Brasileira de J-Fashion, palestrante em universidades, entidades, embaixada e consulado geral do Japão, foi bolsista da JICA em 2016, na Universidade de Kanazawa.
– Francisco Noriyuki Sato, formado em Jornalismo pela USP, autor dos livros História do Japão em Mangá, Banzai – História da Imigração Japonesa no Brasil, entre outros, e é presidente da Abrademi e editor do site culturajaponesa.com.br. Foi também bolsista da JICA, em 2014, e ministrou palestras em universidades e museus do Japão em 2016.

Apoio cultural: Fundação Japão de São Paulo.

No mesmo dia e local, das 14 às 17 horas, haverá uma palestra gratuita do empresário Toshihiko Egashira, responsável por trazer as séries de TV conhecidos como tokusatsu (Jaspion, Kamen Rider, Changeman, Jiraiya, Winspector) e as séries de animê Yu Yu Hakusho e Shurato.

Inscrições e maiores informações: Os bastidores dos Heróis Japoneses na TV no Brasil.

abr 062017
 

A Biblioteca Parque Villa-Lobos foi inaugurada em novembro de 2014 e é um grande espaço cultural, com área para palestras, apresentações teatrais e musicais, exposições e contações de histórias. Seu acervo é formado por livros, revistas, jornais, livros eletrônicos, audiolivros, HQs, DVDs e CDs, além de livros em braille e falados, voltados para pessoas com deficiência. Conta com ambientes para estudo, mas o público poderá se associar e levar os livros para ler em casa.

Seu catálogo de livros é variado e conta também com cerca de 50 livros em idioma japonês e mais de 100 livros em português sobre a imigração, história e cultura japonesa. Livros infantis incluem títulos como “Totoro”, “Ponyo”, ambos do mestre Miyazaki, e também “Kamen Rider”. Para o público adulto, há livros do consagrado Haruki Murakami, por exemplo. Entre os DVDs, vários da série “Dragon Ball: Kai”, “Steamboy” e “Vidas ao Vento – Kaze Tachinu” de Miyazaki. Boa parte desse acervo foi doada pela professora Cristina Sanae Matsuzake Igarashi.

Infelizmente, todo esse acervo desaparecerá da biblioteca no final deste 1º semestre de 2017, pois a administração alega que não há procura por esse material. Cabe então irmos lá e movimentar esse importante acervo cultural. De todos os locais que abrigam livros com esse tema, essa é a única biblioteca que funciona nos finais de semana.

Biblioteca Parque Villa-Lobos
Av. Queiroz Filho, 1205 – Alto de Pinheiros, São Paulo (SP)
CEP 05461-010 – Tel.: +55 (11) 3024-2500
contato@bvl.org.br
De terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 horas.
Fechada nos dias 24, 25 e 31 de dezembro, 1º de janeiro e terça de carnaval.

O acervo da Biblioteca Villa-Lobos pode ser consultado pelo link.

mar 312017
 

Um surpreendente público compareceu à primeira aula do Curso de História do Japão, realizado pela Abrademi, Associação Brasileira de Desenhistas de Mangá e Ilustrações, em conjunto com a Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil, no dia 26 de março de 2017.

Na ocasião, o prof. Francisco Noriyuki Sato falou sobre os pontos mais importantes da história, abordando desde a chegada dos primeiros habitantes ao arquipélago japonês, os períodos Jomon, Yayoi e Kofun, com apresentação de slides. No final, respondeu às perguntas dos participantes. Foram realizados alguns sorteios incluindo orquídeas doadas pelo Orquidário Sorocamirim, da família Shakuda. No total, 200 pessoas participaram da primeira aula.

A próxima aula está programada para o dia 30/4/2017. Maiores informações pelo link da Abrademi.com.

mar 112017
 

fundo banner historiaDurante 2017 será realizado um curso completo de História do Japão, com aulas uma vez por mês, aos domingos, em São Paulo. A iniciativa é da Abrademi em conjunto com a Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil.

O objetivo é facilitar a compreensão da cultura japonesa através de explicações sobre o passado do Japão. O público alvo são as pessoas que apreciam ou têm curiosidade sobre o Japão, e aqueles que pretendem visitar o país no futuro, seja como turista, a negócios ou como estudante, para que tenham maior proveito da oportunidade à partir do conhecimento de sua história. No final de cada aula haverá um tempo para perguntas dos participantes.

O curso será gratuito e realizado na Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil, na Av. Lins de Vasconcelos, 3352, Vila Mariana (na saída da Estação Vila Mariana), São Paulo.

As aulas já agendadas são as seguintes:
Dia 26/03/2017 – História do Japão 1 – Desde a ocupação do arquipélago japonês períodos Jomon, Yayoi e Kofun.
Dia 30/04/2017 – História do Japão 2 – Períodos Asuka e Nara, origem mitológica do Japão
Dia 28/05/2017 – História do Japão 3 – Período Heian
Dia 11/06/2017 – História do Japão 4 – Períodos Kamakura e Muromachi
Agosto – História do Japão 5 – Período Sengoku (Guerra Civil e chegada dos portugueses)
Setembro – História do Japão 6 – Período Edo (isolamento do Japão)
Outubro – História do Japão 7 – Períodos Meiji (modernização) e Taisho
Novembro – História do Japão 8 – Período Showa até a Segunda Guerra
Dezembro – História do Japão 9 – Pós-Guerra e a Era Heisei
Horário: 9 às 12 horas. Haverá certificados aos participantes no final do curso.
Reserve sua vaga (grátis) no Sympla: Inscrição para o dia 26/03/2017:

Os professores são:
– Cristiane A. Sato, formada em Direito pela USP, autora do livro JAPOP – O Poder da Cultura Pop Japonesa e presidente da Associação Brasileira de J-Fashion, palestrante em universidades, entidades, embaixada e consulado geral do Japão, foi bolsista da JICA em 2016, na Universidade de Kanazawa.
– Francisco Noriyuki Sato, formado em Jornalismo pela USP, autor dos livros História do Japão em Mangá, Banzai – História da Imigração Japonesa no Brasil, entre outros, e é presidente da Abrademi e editor do site culturajaponesa.com.br. Foi também bolsista da JICA, em 2014, e ministrou palestras em universidades e museus do Japão em 2016.

Apoio Cultural: logo japan foundation 1

mar 072017
 

expo washiA importadora de papéis Washi, World Paper, está trazendo quatro especialistas japoneses das cidades de Kochi e Saitama para palestra e exposição. Kochi é conhecida pelos papéis de restauro, enquanto Saitama é famosa por fabricar os papéis Hosokawa, que são considerados Patrimônio Cultural Intangível pela Unesco. Os especialistas em Washi são:

Hiroyoshi Chinzei – proprietário da fábrica de papéis de menor gramatura do mundo, 1,6g/m2.
Satomi Tamura – artista plástica que produz papéis Washi e é maker de papéis Hosokawa, patrimônio Cultural pela UNESCO.
Kayoko Ichinomiya – diretora da Paper One Co. Inc representante dos papeis Washi.
Shigeo Nakamura – técnico em papéis Washi.

O evento acontece no dia 23 de março de 2017, às 18h30, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (Bunkyo), na Rua São Joaquim, 381 – Liberdade, São Paulo/SP.

Ingresso: R$ 30,00 a ser pago no local.

O papel Washi é sempre uma produção artesanal, cuja técnica tem 1.300 anos de história. Por utilizar fibras de determinadas plantas cultivadas no Japão tem uma qualidade única, e por isso, é preferido por artistas de shodô, ukiyo-ê e origami. Washi também é utilizado em embalagens especiais e na decoração de residências.

Informações: https://www.facebook.com/WorldPaperPapeisEspeciais/

nov 082016
 

teatro-no-casarao-do-chaO teatro Nô é uma arte japonesa do século XIV que combina canto, dança, poesia e música de uma maneira refinada e altamente simbólica. Em 2001, a Unesco reconheceu o teatro Nô como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade.
A Associação Brasileira de Nogaku, formada por imigrantes japoneses e atores brasileiros, estará se apresentando nesta oportunidade o 10º Encontro de Nôgaku, no Casarão do Chá de Mogi das Cruzes, no no dia 27 de novembro de 2016 das 14 às 16 horas.

Na primeira parte, será realizado um workshop onde o grupo explicará e demonstrará todo o universo do Nô. Na segunda parte, será apresentada a peça Imin Nô “Funa Benkei” (Benkei sobre o barco). O workshop será no idioma português!

Nesse dia, o grupo estará arrecadando alimentos não perecíveis como arroz e feijão (exceto sal e açúcar), que serão doados para as crianças em idade pré-escolar, em parceria à Associação das Damas de Caridade São Vicente de Paulo.


teatro-no-casarao-do-cha_nEstão abertas as inscrições para novos participantes de Nôgaku. Contato: Associação Brasileira de Nôgaku – Sr. Shigeru Matsumoto – Fone 4312-0156 – Cel: 98487-2335 – shigerumatsumoto@ymail.com
Facebook: Imin Nô
Evento: https://www.facebook.com/events/363774917299820/

FUNABENKEI

benkei-estatua

Estátua de Benkei, em Ishikawa

Após a vitória do clã Genji contra o clã Heike, soberanos do Japão por vinte anos, um boato mentiroso alastra uma conspiração contra o líder Genji, Yoritomo, colocando-o contra seu próprio irmão, Yoshitsune. Para evitar uma luta, e para pedir a compreensão de Yoritomo calmamente, Yoshitsune e seus seguidores fogem da capital na calada da noite. Na praia onde estão prestes a tomar um barco, Benkei, monge e servo de Yoshitsune, o aconselha que deixe para trás a sua amante, Shizuka, devido aos perigos da viagem, e dos boatos que surgiriam por ele levar uma mulher neste percurso. Benkei chama Shizuka e lhe passa a decisão. Ela não acredita nas palavras de Benkei e pede para que Yoshitsune as fale pessoalmente; o que ele faz, e Shizuka chora, lamentando ter se tornado um obstáculo para seu amante. Benkei recomenda que volte à capital, e Yoshitsune a oferece saquê, enquanto seu servo pede para que ela dance uma dança, desejando-lhes uma boa viagem. Ela veste suas roupas de dançarina, e canta a fraternidade trazida por Kannon, bodhisattva da compaixão. Eles partem e Shizuka, cujo nome significa “calmaria,” fica para trás, chorando na praia. Agora Yoshitsune e seus companheiros navegam pelo mar do oeste, quando uma tormenta cai sobre eles. Os espectros de todos do clã Heike, mortos em sua última batalha, se erguem do mar. Entre eles, Tomomori, que os ameaça. Yoshitsune se defende com sua espada, mas Benkei os aparta, pois lutar contra um espectro com armas, é inútil. Ele esfrega as contas do seu rosário e invoca Fudô e todos os seus bodhisattvas protetores, sendo cada um de um ponto cardeal, e Fudô o centro. Tomomori enfraquece, tenta uma última investida, mas novamente é repelido, sumindo no branco das espumas das ondas.

27/11/2016 – 10° Encontro de Nôgaku – Imin Nô: FUNABENKEI
Das 14h às 16h  Entrada Franca.
Local : Casarão do Chá, Estrada do Chá cx 05, bairro Cocuera, Mogi das Cruzes, SP.
Casarão do Chá: (11) 4792-2164, acasaraodocha@gmail.com
https://www.facebook.com/events/363774917299820/

Obs. Só o Casarão do Chá, construído no estilo japonês, sem o uso de pregos, já vale uma visita para quem aprecia a cultura japonesa!

このたび「第十回能楽の集い」を催す運びとなりました。前半はお能の世界を実演とともに説明するワークショップ、後半は移民能「船弁慶」です。皆様方のこれまでのご支援に深く感謝致し、また新たなる私どもの挑戦をご高覧いただければ幸いと存じます。どうぞふるってお越しください。

なお当日は食料を欠いた子供達へのクリスマスプレゼントとしてお米やフェジョンなどの保存食(塩、砂糖を除く)の寄付をお受けさせて頂きます。志ある多くの方々の参加をお待ち申し上げております。
謹白

ブラジル能楽連盟会長 竹下康義

お預かりしたご寄付はAssociação das Damas de Caridade São Vicente de Pauloとの協力により幼稚園児たちに送られます。なお随時能楽への参加者を募集しております。

連絡先 電話4312-0156 ( Shigeru Matsumoto)

out 202016
 

20150613_YUI_SP (11)Depois do enorme sucesso no ano passado, o grupo YUI – Trio de Instrumentos Tradicionais do Japão volta ao Brasil para duas únicas apresentações. O primeiro show acontece em Salvador, em 27 de outubro, seguindo para São Paulo, em 30 de outubro.

O trio é formado por Chie Hanawa (tsugaru shamisen), Ko Kakinokihara (koto) e Yoshimi Tsujimoto (shakuhachi) e apresenta em seu repertório músicas tradicionais japonesas e algumas peças originais do trio, destacando a harmonia e sonoridade e as novas possibilidades de sons dos três instrumentos tradicionais japoneses.

20150613_YUI_SP (16)wagakki_yui_02TRIO YUI

Formado por três musicistas graduadas pelo Curso de Música Tradicional Japonesa do Departamento de Música da Universidade de Belas Artes de Tóquio, o trio foi aclamado logo em sua primeira apresentação, em Quioto, em outubro de 2009. No ano seguinte, as jovens criaram uma obra original, que se tornou música tema para promover o “TBS Akasaka Sacas”, um grandioso empreendimento comercial em Tóquio.

Sua discografia traz o primeiro álbum, Hajimari no oto (O som do início), e Tada, kimi ni (Apenas, para você). Hoje em dia, o Yui atua principalmente em Tóquio.

Veja a matéria da viagem anterior do grupo no Brasil e uma entrevista exclusiva:
http://www.culturajaponesa.com.br/?p=5594

SALVADOR
Data e horário: 27 de outubro de 2016 (quinta) às 20h
Local: Cine Teatro SESC Casa do Comércio (546 lugares) – Av. Tancredo Neves, 1109 – Pituba
Duração: 90 minutos – Classificação: livre
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) | R$ 5,00 (meia)
Ingressos a venda na bilheteria do Sesc e também pelo site www.compreingressos.com
SÃO PAULO
Data e horário: 30 de outubro de 2016 (domingo) às 16h
Local: Teatro FECAP (400 lugares) Av. Liberdade, 532 – Liberdade
Duração: 90 minutos – Classificação: livre
ENTRADA FRANCA – Retirar os ingressos na entrada do Teatro FECAP duas hora antes do início do espetáculo. Máximo de 2 ingressos por pessoa, sujeito à lotação do espaço.
out 112016
 
yukata-kitagawa-975_nSinta-se linda e naturalmente elegante com um YUKATA. O Workshop é para ensinar mulheres para se vestirem sozinhas, como as japonesas fazem. Além de segredinhos de beleza e elegância à japonesa, dicas de etiqueta e postura, usos mais “fashionistas” e “sport chic”, e um pouco da cultura do YUKATA será explicada. Dicas de como fazer seu próprio YUKATA e acessórios.
YUKATA é o quimono de algodão estampado usado no verão especialmente em passeios e festivais. No Japão é sinônimo de feminilidade e de elegância informal e natural.
O workshop: “Como se Vestir um Yukata” será realizado no dia 06 de novembro de 2016, na sede da Associação Cultural Mie Kenjin do Brasil (Avenida Lins de Vasconcelos, 3352 – saída do metrô Vila Mariana, São Paulo), das 9 às 12 horas.
Obs. Após o workshop, que termina às 12 horas, quem quiser poderá participar de um passeio de metrô até a Avenida Paulista para experimentar o Yukata, se o tempo permitir.
Esta oficina é exclusiva para mulheres.yukata-kitagawa-61_n
Material necessário:

– Tendo seu próprio YUKATA, verifique se tem também os acessórios (check-list abaixo):
–  Yukata
– Faixa principal da cintura (obi)
– Placa para faixa principal (obi ita)
– 2 faixas simples de amarrar (himos) OU elásticos c/ clipes de fecho (kõrin belts)
– sandália (calçado ocidental), chinelos de dedo tipo havaianas ou a sandália de madeira (getá).
– flor para decorar o cabelo (opcional)

yukata-kitagawa-41_nRoupa de Baixo (venha vestindo por baixo, uma das opções)
  a – Bermuda ciclista OU legging + Camiseta branca (tipo regata sem mangas OU com mangas e decote “V”)
  b – Saiote + Camiseta branca (tipo regata sem mangas OU com mangas e decote “V”)
  c – roupa de baixo apropriada para Yukata, se tiver
Além da sua própria maquiagem (por questões de higiene e saúde, não recomendamos compartilhar maquiagem) e material para pentear o cabelo.
Taxas de inscrição: R$ 35,00 para quem trouxer o próprio YUKATA
                                   R$ 60,00* para quem NÃO tem o próprio YUKATA
obs. *Será emprestado YUKATA para workshop (limitado a 5 vagas)
Inscreva-se já pelo Sympla

Professora: Cristiane A. Sato, Formada em Direito pela Universidade de São Paulo, publica artigos sobre cultura popular e história japonesa em jornais e revistas desde 1993. Autora do livro “Japop – O Poder da Cultura Pop Japonesa” (2007), atualmente prepara um livro sobre moda japonesa. Ministrou palestras em eventos no Centro Cultural Itaú, Sesi, Sesc, Senac, USP, Fundação Japão, Embaixada e Consulado Geral do Japão, entre outros. Foi bolsista da JICA na Universidade de Kanazawa, onde participou de cursos e oficinas sobre tecidos, confecção e uso do quimono, técnicas de arte tradicional, etc.